img

4 maneiras fáceis de aplicar a permacultura na sua horta caseira

/
/
/

Permacultura: o que é?

Para quem abriu este artigo por curiosidade e não sabe bem em que consiste a permacultura, este artigo vai deixá-lo(a) mais elucidado (a).

A permacultura possui três éticas pela qual se rege  e que são baseadas na observação da ecologia e da  sua maneira sustentável de interação e produção bem  como do comportamento e  vida das populações tradicionais com a mãe Natureza, sempre trabalhando a favor da mesma. Todo o permacultor tem  como principal função a criação de solo e armazenamento de  água, que são o pilar da vida tal e qual como conhecemos. Os principais objectivos da permacultura são: cuidar da terra, cuidar das pessoas e partilhar os excedentes. Se ficou curioso e quer saber mais sobre este tema, deixo-lhe aqui um artigo que escrevi anteriormente sobre este tema.

Permacultura

 Se tem uma horta ou jardim em casa, saiba que pode utilizar técnicas de permacultura de forma a produzir melhores alimentos e a garantir uma melhor saúde para si e para os seus. Não há nada melhor do que se ter a confiança e segurança no que comemos, porque produzimos com respeito pela Natureza e por nós mesmos.

  O solo desempenha por essa razão um papel fundamental dado que solos pobres dão origem a alimentos de fraca qualidade e vice-versa.  Ao aplicar os principios da permacultura na sua horta vai garantir que as culturas se desenvolvem adequadamente e possuem na sua constituição todos os nutrientes que procuramos para o nosso bem- estar.

Seguidamente, confira 4 maneiras de aplicar permacultura na sua horta caseira ou jardim. Continue a ler este artigo!

permacultura

1 . Utilize os resíduos orgânicos para produzir adubo

Adubar o solo da sua horta caseira com adubos orgânicos tais como estrume, matéria orgânica resultante do processo de compostagem e outros resíduos orgânicos é uma excelente maneira de aplicar os principios da permacultura na sua horta. Desta forma, assegura que o solo está a  a receber os nutrientes que necessita para a sua estrutura e sanidade.

Já experimentou fazer adubo com as cascas de banana que têm no balde do lixo? Conheça a minha receita aqui.

Caso queira fazer um repelente de pragas de insectos, pode utilizar também certas plantas para os afastar  tais como: calêndula, alho, alecrim, tomilho, cravo, coentros, funcho, entre outros.

permacultura

2. Evite mobilizar o solo, faça sementeira directa!

É claro que este passo vai depender do estado da sua horta. Caso o solo esteja bastante compacto deve revirar a terra antes de semear/plantar.  Antes de proceder à sementeira, coloque estrume no solo e posteriormente , com a ajuda de um sacho, envolva a terra com o adubo.

A sementeira directa implica que não haja mobilização prévia do solo, sendo a colocação da semente feita directamente no solo.

A natureza já nos mostrou que é possível  que as plantas crescem sem necessidade de mobilizar o solo, uma vez que se verifica que em solos virgens existe o desenvolvimento de vegetação.
A  sementeira directa  é uma técnica dentro da agricultura de conservação, na qual não existe  mobilização prévia do solo, sendo todo o trabalho realizado por um semeador especial (semeador de sementeira directa).

Caso opte por plantar, utilize uma enxada para “emparelhar” a terra, coloque as mudas de plantas e aconchegue-as com palha seca em seu redor de forma a manter a sua humidade.

 permacultura pdf

3. Proteja as suas culturas

Um dos motivos que leva a uma perda nutricional e de humidade do solo é quando este está totalmente exposto a factores externos. Para evitar esse facto, cobra-o com palha seca por exemplo.  Além de restringir o crescimento de plantas infestantes, aumenta a retenção de humidade e permite uma maior decomposição pelos microorganismos.

mulching pode também contribuir para o embelezamento da sua horta ou pomar uma vez que lhe confere um aspecto mais “organizado” e “asseado”. Se escolher bem o tipo de materiais para usar nesta técnica, além de lhe conferirem um melhor aspecto e qualidade, podem funcionar como contraste de cor e textura.

A propósito deste tema, é importante referir que na permacultura o mulching é uma técnica cada vez mais  usada. Para saber mais sobre o empalhamento ou “cobertura morta” clique aqui.

 permacultura porto

4. Promova a biodiversidade e otimize o espaço disponível

Uma horta onde se apliquem principios de permacultura assemelha-se mais a uma floresta dada a  biodiversidade de plantas,  insetos e outros seres vivos. Para garantir esta condição, uma boa prática agrícola que pode adotar é a consociação de culturas.

 A consociação de culturas principalmente em ambiente de horta biológica   é a prática cultural que consiste no cultivo de duas ou mais culturas próximas umas das outras de forma a obter benefício entre elas.

A consociação de culturas além de favorecer a conservação das características do solo permite um maior aproveitamento dos nutrientes deste ao longo do tempo, beneficiando todas as plantas inseridas nesta técnica agrícola.

 Tal facto acontece porque as culturas/plantas escolhidas fornecem entre si vantagens simultâneas quando o seu crescimento e desenvolvimento se verifica na mesma área agrícola. É importante salientar que as culturas que estão em consociação não necessitam de serem semeadas  ou plantadas ao mesmo tempo na sua horta, mas é necessário garantir que durante grande parte da duração dos seus períodos vegetativos  ocorra em simultâneo estimulando dessa forma uma interação entre elas.

Conheça quais as principais consociações de culturas utilizadas aqui.

Pode também  intercalar flores e ervas aromáticas nos canteiros para de forma a afastar as pragas de insectos, para além de deixar a sua horta bem mais bonita.

 permacultura portugal

Relativamente à optimização de espaço da sua horta caseira, na permacultura este principio verifica-se muito. Dado que mais do que uma  planta é cultivada no mesmo espaço, a biodiversidade será mais facilmente promovida dado que várias espécies e plantas partilham o mesmo ambiente, tal como numa floresta.

Se cultivar plantas maiores juntamente com plantas de menores dimensões,produzirá  mais alimento num menor espaço.  Pode também optimizar o espaço disponível pensando na duração do ciclo produtivo das diversas culturas. Por exemplo, se colocar num dado espaço da sua horta couves (que demoram mais  a desenvolver-se) pode preencher o espaço restante com culturas de crescimento rápido tais como alfaces ou espinafres.

Agora que já tem algumas dicas práticas de como aplicar os princípios de permacultura na sua horta caseira, coloque mãos na terra!

Quais as técnicas que já usa na sua horta? Conte-me tudo!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar