img

Como preparar a calda bordalesa: conheça a receita desta solução

/
/
/

Como surgiu a calda bordalesa

A calda bordalesa foi “descoberta” por volta do século XIX na zona de Bordéus (França), quando um agricultor tinha por hábito caiar as uvas, na proximidade da estrada, para evitar que as roubassem.

Há medida que o tempo foi passando, este agricultor foi observando que as uvas onde foi aplicada esta calda, mostravam-se mais resistentes a doenças como o míldio. Contrariamente, nos cachos onde não era aplicada esta solução, as uvas estavam mais atacadas com este tipo de problemas.

Este tipo de “fenómenos” despertou o interesse da comunidade científica, especialmente de um investigador chamado Millardet  que descobriu que o efeito estava associado ao fato da cal ter sido preparada em tachos de cobre. A partir desta etapa, foram desenvolvidas várias  pesquisas para chegar à formulação mais adequada da proporção entre a cal e o sulfato de cobre.

 como fazer calda bordalesa

Na verdade, há muito que as propriedades fungicidas da cal são reconhecidas, sendo maioritariamente utilizada em vários momentos destacando-se  a caiação dos edifícios, impedindo o desenvolvimento de bolores e conservando a madeira.

Para quem não quiser preparar “artesanalmente” esta solução, já existem produtos pré-fabricados em saquetas facilmente adquiridos em drogarias designados de “calda bordalesa”. No entanto, e considerando que é fácil de produzir esta solução em casa, aconselho a fazer você próprio a sua calda bordalesa. Como? Continue a ler o artigo que vai descobrir.

Como preparar calda bordalesa

Existem várias “receitas” e dosagens utilizadas para fazer calda bordalesa.  Vou partilhar convosco a dosagem que utilizo e que me foi recomendada por vários funcionários onde costumo comprar estas substâncias.

Quantidades para 100L de calda

-1kg de cal

-1kg de sulfato de cofre

É importante também referir alguns cuidados que não pode descurar quando tiver a preparar esta solução. Um dos principais aspectos que deve ter em consideração é a acidez da calda preparada. Caso a calda fique demasiado ácida (pH baixo), pode causar toxicidade para as plantas. O intervalo de pH indicado para a calda bordalesa varia de 6,5 a 8 (no máximo). Pode comprar aquelas faixas de teste do pH para medir o grau de acidez da solução, e caso o resultado seja acima de 8, adicione um pouco mais de cal e mexa bem.

Nota: As faixas de teste de pH devem ser mergulhadas no máximo durante 3 min.

 como fazer calda bordalesa
Fonte da imagem: https://thiagoorganico.com/calda-bordalesa-organica/

Dissolução do sulfato de cobre

Por vezes, pode encontrar o sulfato de cobre em pedra ou britado, formando pequenos cristais. Nesses casos, pode dissolvê-lo em água, processo que pode demorar algumas horas. Para o diluir, deve colocar a quantidade de sulfato de cobre desejada dentro de um saco de pano, atando-o com um cordel.

Seguidamente, coloque o saco dentro de um balde de plástico com cerca de 2 a 3 litros de água, quantidade suficiente para o cobrir. Deve ter em atenção que o saco deve ser mergulhado em suspenso, sem encostar no fundo, ficando em repouso. Normalmente, o sulfato de cobre fica dissolvido após um período de 24 horas.

Após o sulfato de cobre estar dissolvido, pode guardá-lo num recipiente com tampo durante o período de 1 ano, sem que perca as suas propriedades.

Como hidratar cal viva

Para realizarmos esta operação devemos estar protegidos com óculos de protecção e luvas uma vez que existe risco de salpicos quando estamos perante temperaturas elevadas.

Posteriormente, coloque 1kg de cal num recipiente de barro ou metal, e vá juntando alguma água sem que a cal fique totalmente submersa. Após 3 a 4 minutos, a reacção começa a ocorrer, verificando-se a libertação de algum fumo.

A partir do momento em que comece a formar a pasta de cal, utilize uma vara para mexer aos poucos de forma a facilitar todo o processo de hidratação. Se verificar que esta pasta está tornar-se demasiado espessa, adicione um pouco mais de água (cuidado com os excessos!).

Quando verificar que deixou de fumegar, é um bom indicador de que o processo está concluído. Seguidamente,  é conveniente mexer a solução, adicionando se necessário mais alguma água até obter um leite de cal espesso.

Quando o leite de cal tiver arrefecido, pode guardar a cal em garrafões de plástico tal como sugerido com o sulfato de cobre.

 como fazer calda bordalesa
Fonte da imagem: https://essaseoutras.com.br/calda-bordalesa-o-que-e-como-preparar/

Como fazer a calda bordalesa

Agora que o sulfato de cobre e a cal estão prontos, é altura de adicionar ambos num recipiente ( proibido recipientes de metal).

Coloca-se sempre em primeiro lugar a cal e só depois o sulfato de cobre. Deve-se acrescentar água até perfazer a quantidade de calda desejada. Após feita a calda bordalesa, deve aplicá-las nas suas culturas até um período máximo de 24horas.

O melhor momento para aplicar a calda bordalesa é da parte da manhã ou quando as temperaturas estão baixas.

Quando colocar a calda no pulverizador, deve utilizar um crivo de malha fina pois podem ainda estar presentes alguns resíduos sólidos na calda que podem “entupir” o equipamento.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar