img

Receitas caseiras e naturais para eliminar o piolho da sua horta!

/
/
/

Hoje é dia de falar de piolho nas plantas! Quem já sofreu ou sofre com essa praga na sua horta?

Com a entrada no mês de Maio, grande parte de nós que temos um horta/ terreno agrícola vivemos preocupados com este problema, visto que é muito comum nesta época!

Com a chegada do calor assim como a época de floração das plantas, o aparecimento de  piolho assim como de outras pragas de insectos semelhantes é bem frequente e torna-se um problema muito grande para todos nós, afectando o crescimento e desenvolvimento das culturas agrícolas.

Neste artigo, vou  falar um pouco sobre esta praga e dar-lhe algumas receitas para acabar com o piolho nas plantas da sua horta de forma biológica.

como eliminar piolho nas plantas receitas
Fonte da imagem: Blog Semear & Plantar

O piolho nas plantas: contextualização

Sabe como se caracteriza o piolho?

O piolho (que pertence à superfamília dos afídeos)  caracteriza-se por ser um insecto de pequenas dimensões que se alimenta essencialmente da seiva das plantas, através dos “furos” que causa nas folhas para conseguir entrar nos vasos condutores das mesmas (através dos estiletes).

Para se deslocar por maiores distâncias, conta com o auxílio do vento e através do transporte dos hortícolas afectados por esta planta.

Os piolhos nas plantas produzem uma substância denominada  “melada” que se caracteriza por ser  açucarada e que por essa razão estimula o  aparecimento de fungos de coloração escura assim como o aparecimento de infecções virais que podem ser causadoras de destruição nas plantas.

Morfologicamente, e consoante a espécie, podem ter vários tamanhos e cores, podendo ser aladas e ter um corpo mole.  A grande parte dos piolhos/pulgões alimentam-se de várias culturas, mas existe também uma parte significativa que apenas se alimenta de uma única espécie de plantas (monocultura).

como eliminar piolho nas plantas receitas
Fonte da imagem: Autora da imagem, Carina Costa, retirada do Portal do Jardim.com

Principais sinais de piolho nas plantas da sua horta

Os principais sintomas no piolho nas plantas da sua horta ou terreno agrícola é o aparecimento de folhas meladas, amarelas e enrugadas seguindo-se posteriormente o  atrofiamento das mesmas e até por vezes a morte da planta.

As flores e frutos das plantas atingidas pelo piolho são mais fracos e pouco desenvolvidos, atacando principalmente  as folhas e botões.

como eliminar piolho nas plantas receitas

Piolho nas plantas: quais os seus predadores naturais?

Quanto aos predadores naturais do piolho/pulgões posso destacar os seguintes:

  • Joaninha;
  • sifídeos (moscas-das-flores);
  • vespas parasitóides;
  • larva do mosquito;
  • aranhas-caranguejo;
  • crisopídeos;
  • tesourinhas;
  • besouros;
  • coccinelídeos (insectos da família dos coleópteros);
  • neurópteros;

Quando e onde aparece esta praga?

Esta praga de insectos surge principalmente em regiões temperadas, acabando também por aparecer um pouco por todos os locais. Os piolhos multiplicam-se no Verão, dando-se o seu acasalamento no Outono.

Receitas para acabar com o piolho nas plantas da sua horta

Passemos então à prática! Aqui tem duas opções:

1. Caso a sua horta ainda não tenha sido atacada pelo piolho, use métodos preventivos.

Nos métodos preventivos destaco a utilização de plantas repelentes de pragas tais como: alho, salsa, cavalinha, cidreira, entre outras. Pode usar este tipo de pragas em consociação com outras culturas, para prevenir o aparecimento destes insectos indesejados.

2. Caso a sua horta já tenha sido afectada pelo piolho, pode usar uma das receitas que indicado abaixo.

como eliminar piolho nas plantas receitas

 

Receita 1: Faça uma solução com água, cebola e alho 

Para fazer esta receita comece por ferver 5 a 6 dentes de alho e adicione meia cebola em 1 litro de água. Deixe ferver em torno de 15 minutos e quando esta solução esfriar, pulverize sobre as plantas atacadas.

como acabar com piolho na horta
Fonte da imagem:Casa umCOMO

Receita 2: Faça uma solução com água e urtigas

Para esta segunda hipótese de solução, coloque num recipiente com 10 litros de água cerca de 200/250 gramas de urtigas. Deixe esta solução a “marinar” durante 4/5 dias. Após esse período, coe a solução e pulverize as plantas atacadas com esta solução.

como acabar com piolho na horta
“Chorume de urtigas”- Fonte de imagem:Hortas Biológicas

Receita 3: Faça um solução com sabão azul  

Esta é talvez das receitas mais eficazes.  Para fazer esta solução  vai precisar de 10l de água, 250 gramas de sabão azul e 100ml de azeite. Caso não queira usar azeite pode usar óleo de neem.

Para “derreter” o sabão azul, ferva-o em água e depois junte os restantes ingredientes referidos acima, mexendo bem.

Depois desta solução ter arrefecido, com o auxílio de um pulverizador, aplique a solução sobre as plantas afectadas pelo piolho. Para melhores resultados, aplique esta solução pelo menos de 15 em 15 dias, dependendo do grau de ataque.

como acabar com piolho na horta
Fonte da imagem: Wikipédia  

E vocês? Já usaram alguma destas receitas para combater esta praga?

Contem-me tudo nos comentários!

10 Comments

  1. Tenho usado o alho mas não o fervo, trituro 2 dentes de alho para 5 lt de água e pulverizo, funciona muito bem. É o que vou fazer hoje nos pessegueiro.

  2. Boa noite. Nunca usei nenhuma delas. O que uso é uma solução de água e leite na proporção de 2 para 1. Pulverizar toda a planta inclusive o tronco todo até ao solo. Esta solução só deve ser aplicada à tardinha quase ao pôr do sol. Eficaz contra a fumagina, mosca e seus ovos, piolhos, etc.. Experimentem. Experimentei noutras plantas sem ser cítricos como por exemplo ipê, cupuaçu, andu e resultou.

  3. No meu país que é Cabo Verde (África) de algum tempo para cá a solução c/sabão azul usa-se largamente como alternativa às pesticidas químicas em proporção:
    -250g sabão azul
    -250g folhas de tabaco seco
    -3 a 5kg cocó de vaca em estado fresco
    -1 a 2kg de neem verde
    -10l de água
    Produzindo com esta uma solução à temperatura de 80 a 90°C e aplicar depois de esfriado

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar