img

Conheça 4 plantas que podem substituir o paracetamol e o ibuprofeno

/
/
/

A fitoterapia é o estudo dos efeitos medicinais das plantas e da sua utilização no tratamento e cura de doenças.Trata-se de um dos sistemas terapêuticos mais antigos do mundo, baseando-se inicialmente numa extensa recolha de conhecimento empírico utilizado e difundido pelas populações ao longo de várias gerações.

Cosméticos Naturais, Cosméticos, Flores, Beleza

Um dos problemas do mundo atual é o uso de forma excessiva de medicamentos para combater/solucionar problemas de saúde comuns tais como: febre, tosses, dores, processos inflamatórios, entre outros.

Para estas doenças mais usuais indicadas acima e numa tentativa de alívio rápido, as pessoas automedicam-se com medicamentos muitos conhecidos como  paracetamol e o ibuprofeno, criando dependência destes.

É muito importante ter em atenção que, os sintomas destas doenças indicam-nos processos naturais de cura do nosso organismo para tornar todo o processo de cura bem mais rápido.

Reduzir uma inflamação recorrendo a um medicamento químico deve ser feito apenas quando não existe uma solução mais natural para o nosso organismo.  Tal facto acontece porque, apesar de contribuir para a redução da inflamação e do incómodo na região afectada, não colabora nada com a sua cura.

O descanso, uma boa alimentação e hidratação, e o uso de algumas ervas e plantas medicinais que temos em casa, pode revelar-se mais que suficiente para auxiliar no processo de cura dos seus problemas de saúde.

Neste artigo, dou-lhe como exemplo 4 exemplos de ervas/plantas que o(a) vão ajudar no processo de cura dos problemas de saúde mais comuns que frequentemente o(a) atingem. Fique para conhecer!

plantas medicinais

1. Gengibre

São vários os estudos que afirmam que o gengibre tem efeitos anti-inflamatórios superiores aos do ibuprofeno, podendo ser uma boa alternativa aos medicamentos tradicionais comprados na farmácia.

Veja estes estudos:

Principais interações no uso de medicamentos fitoterápicos

Efeito anti-inflamatório do gengibre e possível via de sinalização

O gengibre apresenta assim características de  antibiótico, anti-inflamatório e calmante do  sistema digestivo. Pode ser também utilizado para controlar náuseas e vómitos, dores de cabeça, estimulação do sistema imunológico, anti-cancerígeno, auxílio em processos de desintoxicação alimentar, osteoporose , proteção contra a formação de úlceras no estomâgo, entre outros problemas de saúde mais usuais.

plantas medicinais

Tudo o que deve saber para aprender a plantar gengibre em casa

2. Cúrcuma

A cúrcuma também conhecida como açafrão-da-terra  é usada há centenas de anos  devido às suas  propriedades anti-tumorais, antioxidantes, anti-inflamatórias, anti-virais,antibacterianas, antifúngicas. Vários estudos apontam para que a cúrcuma tenha um potencial contra diversas doenças tais como diabetes, alergias, artrites, doença de  Alzheimer e muitas outras doenças crónicas.

Veja alguns estudos sobre os benefícios da cúrcuma para a saúde aqui.

plantas medicinais

3. Salgueiro-branco

O salgueiro branco é usado principalmente como  analgésico mas também tem características anti-inflamatórias, antipiréticas, anticoagulantes, calmante, adstringentes e desintoxicantes.

Esta planta é usada muitas vezes para tratamentos de dores de cabeça mas também para combater dores menstruais, ciática, fibromialgia, dores musculares e reumáticas.

Pode funcionar muito bem como sedativo natural um vez que o chá feito com as suas folhas ajuda a dormir melhor  e  promove o sono.

No que diz respeito aos problemas de pele, o salgueiro pode ser usado para tratar calos, verrugas, queimaduras, feridas, infecções de pele, infecções bucais e  inflamações na garganta.

O salgueiro-branco possui um efeito muito parecido à conhecida  aspirina em casos de febre e gripe, sendo mais “suave” que esta. O princípio ativo do salgueiro-branco é a salicilina.

plantas medicinais

 

4. Pimenta

A pimenta tem uma ação analgésica uma vez que  inibe a libertação do principal neurotransmissor dos estímulos da dor, bloqueando a sua transmissão ( aumenta a libertação de endorfinas pela glândula pituitária e hipotálamo).

Esta planta, cujo princípio ativo é a capsaicina,  ajuda na reparação e reconstituição dos tecidos danificados, melhora as funções do estomâgo e intestinos e ajuda na prevenção do desenvolvimento de tumores. 

Devido a aumentar a capacidade metabólica, revela-se uma boa aliada na perda de peso  sendo também utilizada para aliviar a dor em vários casos.

plantas medicinais

Já utiliza alguma destas plantas no seu dia-a-dia? Além destas 4 plantas que falo neste artigo, existem muitas mais podendo usá-las para curar muitos outros problemas de saúde mais frequentes. Costuma usar plantas ou ervas medicinais no seu dia-a-dia para estes fins?

Nota: Este artigo  é apenas de informação e não substitui a visita médica ou de um profissional de saúde.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar