Ambiente e agricultura são áreas de “futuro e necessárias”, mas há cada vez menos alunos

Fonte: Agroportal

São cada vez menos os alunos interessados em áreas como o paisagismo ou o território Andre Rodrigues

Em 2004, cerca de 1300 estudantes tinham sido colocados em cursos relacionados com o ambiente, agricultura, silvicultura e pescas. Em 2018, foram menos de 500. Os números da Direcção-Geral do Ensino Superior (DGES) revelam uma quebra de 66% durante este período. No total, até há mais estudantes em cursos superiores. Mas estão a optar por formações em Engenharia, Saúde ou Direito.

O artigo Ambiente e agricultura são áreas de “futuro e necessárias”, mas há cada vez menos alunos foi publicado originalmente em Público

acientistaagricola

Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *