Destaques

Amêndoa da Veracruz já tem certificado de qualidade

Produtora de amêndoas da Beira Baixa concluiu processo de certificação GLOBALG.A.P, reconhecido em todo o mundo.

Idanha-a-Nova, 29 de setembro de 2021 – A Veracruz, produtora de amêndoas da Beira Baixa, concluiu o processo de certificação GLOBALG.A.P, um referencial reconhecido a nível global. Com esta certificação, a Veracruz atesta a qualidade de produção das suas amêndoas e já está a conquistar novos mercados.

“É uma enorme satisfação concluir este processo de certificação. Produzimos amêndoas de variedades mediterrânicas nos nossos amendoais de Idanha-a-Nova e do Fundão seguindo práticas agrícolas assentes em tecnologia de ponta, que nos permitem monitorizar toda a produção. Estamos a certificar a nossa produção e a GLOBALGAP é a primeira de muitas distinções que tencionamos conquistar”, diz David Carvalho, CEO e co-fundador da Veracruz.

Este sistema de certificação demonstra a segurança alimentar e a sustentabilidade da produção e abrange todo o percurso produtivo da amêndoa, desde o campo até à prateleira. Além disso, estabelece critérios rigorosos de boas práticas agrícolas e serve como sistema global de referência para outras normas existentes.

O grupo Veracruz tem em curso um investimento de 50 milhões de euros no amendoal na região da Beira Baixa e pretende exportar mais de 70% da sua produção de amêndoa.

Com uma equipa jovem e multidisciplinar, tem como ambição produzir as melhores amêndoas mediterrânicas numa localização privilegiada e da forma mais sustentável possível com a ajuda de tecnologia de ponta. Para incentivar a produção de conhecimento científico sobre o amendoal e promover a melhoria contínua das suas amêndoas firmou várias parcerias com instituições académicas, como o Instituto Superior de Agronomia, o Instituto Politécnico de Castelo Branco e a Universidad Politénica de Cartagena.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo