img

Características de um bom substrato: conheça as principais

/
/
/

Características de um bom substrato

Os substratos são caracterizados por serem a base de materiais onde se desenvolvem as raízes das plantas e que devem ser usados principalmente para colmatar as necessidades de ar, água bem como as necessidades nutricionais das culturas.

O desenvolvimento adequado das plantas depende em grande parte das propriedades químicas, físicas e biológicas dos substratos utilizados, pelo que deve analisar bem a composição deste no momento da compra. Cada espécie tem um substrato ótimo capaz de garantir a qualidade adequada ao desenvolvimento das plantas maximizando-o no seu todo.

As propriedades físicas são das características mais importantes no momento de seleção do melhor substrato. Neste grupo estão incluídas a estrutura e textura – por exemplo a capacidade de retenção vs drenagemda água, a plasticidade, a porosidade e a densidade do substrato.

substrato

Dentro das características anteriormente enunciadas, a densidade do substrato é das mais importantes e está diretamente relacionada com a dimensão do recipiente/vaso/floreira a ser utilizado. Assim, recipientes mais pequenos, não necessitam de substratos com densidades muito elevadas assim como o inverso.

No que diz respeito às propriedades químicas, destaco como características a considerar: os valores de pH, os valores da condutividade elétrica e troca catiónica. Estas propriedades químicas ao contrário das propriedades físicas podem ser totalmente ou parcialmente corrigidas, uma vez que é possível corrigir a recção do meio assim como o teor de nutrientes disponível durante o desenvolvimento das culturas.

substrato caracteristicas

Características essenciais dos substratos: quais as principais?

  1. Firmeza

O substrato deve ser firme o suficiente para facilitar entre outros fatores, o enraizamento ou a germinação;

  1. Volume constante

O volume do substrato quando molhado ou seco deve ser constante, não ocorrendo compactação do mesmo.

  1. Maturação

O substrato deve estar bem maturado para impedir a imobilização do azoto, entre outros fatores;

  1. Retenção de água

O substrato deve ter uma equilibrada capacidade de retenção de água para não exigir uma rega demasiado frequente.

  1. Limpeza e Higienização do substrato

O Substrato deve estar higienizado e limpo de forma a não inocular pragas e doenças às plantas.

o que é um substrato

  1. Porosidade

O substrato deve ser suficientemente poroso para facilitar a drenagem do excesso de água evitando o encharcamento, facilitando a respiração do sistema radicular.

  1. Baixa quantidade de sais
  2. Boa capacidade para disponibilizar água e nutrientes, garantindo o crescimento e desenvolvimento das plantas – capacidade de troca catiónica – elevado teor em matéria orgânica.
  3. Estrutura e granulometria adequadas

Na minha opinião, e dentro das opções existentes no mercado, os substratos da SIRO são das melhores opções em termos de relação qualidade/preço.  A SIRO reúne uma diversidade enorme de substratos adequados às necessidades de cada cultura que deve conhecer.

Já conhece os substratos da SIRO? Para saber mais informações sobre os mesmos, visite o site da SIRO. Pode também conhecer todas as novidades da marca nas suas redes sociais:

Facebook da SIRO  

Instagram da SIRO

 

Bibliografia:

Adaptado do livro de Luís Miguel Brito: “Compostagem, fertilização do solo e substratos”.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar