Dicas caseiras

Como fazer chorume de urtigas: conheça o passo a passo

Há quem fuja das urtigas a “sete pés” e há quem as aproveite para fazer chorume :)Antes de saber como fazer chorume de urtigas há algumas informações que deve ter em conta. Neste artigo, partilho consigo as informações essenciais sobre este chorume e como pode utilizá-lo nas suas culturas.

como fazer chorume de urtigas

Composição do chorume de urtigas

O chorume de urtigas é cada vez mais usado pelos agricultores e horticultores com uma pequena produção por ser rico em magnésio, enxofre e ferro. Por esse motivo, o chorume de urtigas representa um excelente fertilizante líquido para as culturas da sua horta dado que estimula o crescimento e desenvolvimento das plantas e é capaz de funcionar também como inseticida e fungicida para proteger de várias pragas e doenças. Pragas como ácaros e pulgões podem ser repelidas através deste chorume de urtigas, o que são boas notícias 🙂

Este chorume nada mais é que um líquido concentrado obtida através do processo de maceração destas plantas ao longo de vários dias. No momento em que estiver a preparar esta solução deve garantir que esteja protegido com luvas e camisola de manga comprida de forma a proteger a pela e evitar urticária.

Como fazer este chorume? conheça o passo a passo

Se pretenda saber como fazer chorume de urtigas, este tópico é para si. Recolha pelo menos 1kg de urtigas frescas ( que ainda não entraram em floração). Corte as urtigas recolhidas em pedaços mais pequenos( basta grosseiramente) e coloque-as num recipiente com alguma capacidade (pelo menos 10L). De preferência, escolha um recipiente de plástico ou madeira e evite o metal.

Agora que já colheu as urtigas, coloque-as no recipiente escolhido e encha-o com água. Normalmente utiliza-se a proporção de 1 kg de urtigas para 10L de água.

Após a solução estar pronta, deve-se colocar o recipiente à sombra( tapando-o) e esperar alguns dias para o processo de fermentação ocorrer. Pode usar os restos das urtigas que sobrarem deste processo para colocar no seu compostor e fazer compostagem.

Um dos primeiros sinais visíveis do inicio do processo de fermentação é o aparecimento de bolhas à superfície. É importante que vá mexendo este preparado no máximo de dois em dois dias de forma a libertar o gás que se vem formando. Há medida que a fermentação vai ocorrendo dia após dia, começar-se-á a sentir um odor muito forte, indicador que a fermentação está a ocorrer como esperado.

Normalmente, o processo de elaboração deste chorume de urtigas demora aproximadamente dez dias, podendo ser um período mais reduzido caso as temperaturas sejam mais elevadas.

Um bom sinal de que o processo de fermentação terminou é quando já não se observarem bolhinhas à superfície. Quando tal se verificar, chegou a altura de coar a mistura e guardá-la num recipiente fechado. Este recipiente deve ser colocado num local sem luz solar e fresco para manter as suas propriedades. Nas condições adequadas, o chorume de urtigas está apto a ser utilizado durante vários meses, sem perder a sua eficácia. De forma a garantir que este preparado dura mais tempo, deve ter a certeza que a solução foi bem coada e não existem vestígios destas plantas. Caso contrário, a sua durabilidade estará comprometida. Aplique este chorume em alturas do dia em que as temperaturas sejam mais baixas como por exemplo o inicio da manhã ou o final da tarde.

Principais aplicações do chorume de urtigas

O chorume de urtigas apresenta diversas utilizaçoes que enumerarei a seguir.

Fertilizante líquido para as culturas

O chorume de urtigas é muito rico nutricionalmente contendo muitos elementos essenciais para as plantas tais como ferro, fósforo, silício, cálcio, vitaminas, etc. Há quem coloque o chorume de urtigas antes de instalar a cultura para aumentar o seu vigor.

Inseticida natural

Além de ser muito útil para nutrir as plantas estas substâncias acabam por estimular os mecanismos de defesa das plantas, atuando como insecticida e repelente de muitas pragas e doenças. O chorume de urtigas revela-se muito eficaz também a combater doenças como míldio, murchidão, clorose, etc.

No que diz respeito a pragas, o chorume de urtigas é bastante eficaz para combater pulgões brancos, verdes e pretos assim como a mosca branca. Há quem junto a este preparado um solução com cavalinha para potenciar o efeito. Além disso, este chorume apresenta propriedades anti-sépticas e bactericidas.

Nota: Se usar o chorume de urtigas como inseticida, deixe apenas macerar por um período de 12horas e aplique posteriormente sobre as culturas afetadas com pragas.

Ativação do crescimento das plantas

Por conter uma séria de minerais e ácidos orgânicos na sua composição, o chorume de urtigas acaba por estimular a germinação, crescimento da planta e ajudar no processo de fixação das raízes. Melhora também o processo de fotossíntese devido ao dióxido de carbono produzido pelas bactérias na sua composição. Além disso, as urtigas contribuem para melhorar a estrutura da terra, conferindo um melhor suporte às plantas. Por outro lado, o chorume de urtigas ajuda a absorver nutrientes como o azoto e o ferro e fornecem estes nutrientes às plantas contribuindo para o crescimento e desenvolvimento das culturas.

Germinação das sementes

Há quem utilize este preparado para favorecer a germinação das sementes. Mergulhe as sementes por 30 minutos caso o extrato utilizado seja puro por por um período de 12 horas caso o extrato seja diluído a 20%.

Acelera a atividade dos microorganismos

Os benefícios da utilização de chorume de urtigas são inúmeros, entre eles o aceleramento da atividade dos microorganismos tais como bactérias. Este chorume reações bioquímicas no solo tais como a regulamentação da fermentação  e aceleração da decomposição dos resíduos.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo