Em tempos, trabalhei numa empresa de biotecnologia associada à produção de cogumelos e e por isso, hoje, lembrei-me de “trazer” esta temática também para A Cientista Agrícola. É certo que os cogumelos podem crescer no meio da natureza (muito cuidado quando vai apanhar cogumelos na floresta), mas sabia que pode produzir cogumelos em sua casa ou caso queira uma vertente mais profissional, em tronco ou em estufa através da criação de uma exploração agrícola/projeto agrícola? Neste artigo, partilho consigo como produzir cogumelos e todo o processo envolvido. Curioso(a)?

como produzir cogumelos

Saiba um pouco mais sobre os cogumelos antes de os produzir

Os cogumelos aparecem geralmente na Natureza geralmente nas estações de Primavera e Outono e tal como em outras culturas, apresentam formas e cores bastantes distintas. Desde há muitos anos atrás que os cogumelos têm vindo a ser apreciados por muitos povos que os foram incluindo em muitos pratos culinários.

Nutricionalmente, são muito ricos em proteínas e vitaminas e apresentam um baixo teor em lípidos, razão pelo qual são muitas vezes incluídos em dietas baixas em calorias e no processo de perda de peso.

Mas atenção, costumo dizer que “todos os cogumelos são comestíveis, alguns só uma vez”. Em jeito de piada, é preciso ter muita atenção aos cogumelos que ingerimos caso os apanhemos “à solta” na Natureza.

Quem não se lembra do famoso cogumelo vermelho com pintas brancas que apareceu em tantos desenhos animados ou no jogo do Mário? Pois é, chama-se Amanita Muscaria e é responsável por vários efeitos prejudiciais ao nosso organismo e responsável por casos de intoxicação e de letalidade associada à ingestão destes cogumelos.

como produzir cogumelos
Amanita Muscaria

De facto, ainda está muito presente o hábito de colher cogumelos diretamente da natureza, e nesse sentido, foi por aí que começou a produção de cogumelos de uma forma “mais livre” quando os primeiros produtores começaram a colocar troncos de madeira “ao acaso” na floresta. Posteriormente, e na maioria dos casos, a inoculação ocorria devia à libertação de esporos que eram libertados pelos cogumelos que nesse local existiam. Bem, já que este artigo é para aprender a produzir cogumelos, vamos aprender alguns termos técnicos como substrato, inóculo e micélio.

Como produzir cogumelos: o que deve saber antes de começar

Mesmo que só queira ter uma produção caseira de cogumelos ou caso queira arriscar e produzir cogumelos de forma mais profissional/industrial, existem uma série de etapas que não se pode esquecer para garantir o sucesso deste processo.

como produzir cogumelos

A obtenção da cultura pura

Se é um agricultor de “fim-de-semana” e só quer produzir cogumelos para se “entreter” deve saltar este passo, até porque não tem condições para o fazer em “ambiente caseiro” (nem meios). Normalmente as culturas puras são oriundas por exemplo de laboratórios especializados como a Mycelia, empresa localizada na Bélgica. Estes laboratórios e casas comerciais fornecem uma garantia da identificação taxonómica do fungo e certificam a sua pureza. Posteriormente, o micélio acaba por se desenvolver em meio nutritivo que com temperaturas que são específicas A cultura de frutificação resulta do desenvolvimento do micélio em meio nutritivo a temperaturas específicas para cada espécie de fungo que pretender produzir.

como produzir cogumelos micelio
Cultura de frutificação

O que o micélio? E o spawn? e spawn-mother?

A produção de cogumelos começa inicialmente a partir de um cogumelo “novo” e fresco ao qual é retirado uma pequena fração do mesmo. Posteriormente, esta porção de cogumelo é colocada num meio de cultura, em isolamento. Depois, este fragmento é colocado num meio de cultura (em isolamento). Após esta etapa, obtêm-se o micélio de que vai permitir que este processo de produção de cogumelos se torne um sucesso. O micélio não é nada mais do que um conjunto de hifas emaranhadas de um fungo.

Depois de bem desenvolvido, o micélio é integrado num cereal que normalmente pode ser trigo ou aveia (que são os mais baratos) anteriormente esterilizados. Depois de ocorrer a incubação do micélio neste cereal, forma-se o spawn-mother também conhecido como a semente-mãe do cogumelo, que está apta a ser utilizada quando o grão escolhido estiver totalmente coberto por micélio (totalmente branco).

É a partir desta semente-mãe que se inicia posteriormente a produção de spawn, que se traduz na produção em grandes quantidades de micélio em grão. Mais uma vez, o cereal que é utilizado neste processo deve ser anteriormente “demolhado”, em seguida esterilizado e por fim misturado com o spawn-mother, ocorrendo depois a incubação a temperatura e humidade controlada, em salas próprias para o efeito.

O spawn está totalmente pronto a ser utilizado quando o cereal escolhido foi totalmente envolvido/colonizado pelo micélio-mais uma vez, todo branquinho!.

Quando isto acontecer, o posso seguinte é a inoculação em diferentes tipos de substratos consoante a espécie pretendida(que são uma mistura de vários tipos de cereais). É aqui que o fungo vai buscar os “nutrientes” que precisa para “se alimentar” e que originarão mais torne os cogumelos que tanto aprecia.

Depois deste passo, os sacos inoculados são encaminhados para uma sala de incubação em que devem ser garantidas condições ambientais específicas: sem luz , temperaturas oscilantes entre 15 e 28ºC, humidade relativa do ar entre 80% a 90%, entre outros.

Muito importante: A maioria dos agricultores e produtores não tem ao seu dispor os recursos e materiais/equipamentos que necessitam para este processo, e portante, optam pela aquisição destes a empresas especializadas. Ver aqui algumas.

produzir cogumelos
Pleutotus ostreatus em frutificação

kits de substratos em incubação

A produção de cogumelos em tronco

Outra possibilidade que pode pensar para produzir os seus próprios cogumelos é a produção em troncos. Para tal, utilizam-se troncos de árvores recém-abatidas como a madeira de eucalipto.

Normalmente, quem pretende produzir cogumelos em tronco aproveita as condições ambientais características da Primavera ou Outono (mais ameno).

Antes de iniciar a produção propriamente dita, deve comprar o spawn em lojas especializadas, sendo neste casos o inóculo composto por cavilhas de madeira inoculadas (envolvidas por micélio). Estas normalmente possuem dimensões apropriadas aos furos que são abertos nos troncos de madeira.

Deve ter em atenção que deve criar as condições ótimas para o fungo se desenvolver nos troncos de madeira, e por essa razão, regue abundantemente os troncos antes de prosseguir para a inoculação.

Neste caso, o processo de inoculação consiste em colocar o inóculo (cavilhas) nos furos do tronco de madeira. Garanta neste processo que todos os furos são preenchidos com cavilhas de forma a evitar o aparecimento de contaminações ou desidratação de madeira.

Muito importante: depois dos furos totalmente preenchidos, estes são normalmente vedados com cera líquida (de abelha)-operação muito importante para “selar”, evitar a desidratação e futuras contaminações.

Quanto tempo dura a incubação em tronco?

Dependendo das condições ambientais em que os cogumelos se estiverem a desenvolver, a incubação pode demorar de um período de 6 a 12 meses.

Vá observando a frutificação nos troncos e mal comecem a aparecer uma espécie de “primórdios” de cogumelos, deve fornecer-lhes humidade através da rega por aspersão. Normalmente, os toros de madeiros são colocados na horizontal (empilhados) tendo como base uma palete de madeira ou outra tipo de base (para mais fácil transporte).

Quando é que os cogumelos estão prontos a serem colhidos?

O momento ideal para colher os seus cogumelos é quando o seu chapéu ainda não estiver totalmente aberto, que corresponde de 6 a 12 meses após a inoculação.

Se optar por produzir em tronco, pode deixar a madeira de um ano para o outro no local escolhido que poderá produzir até no máximo 3 anos sem grandes intervenções.

Se optar por comprar um kit para a produção de cogumelos caseira, basta “abrir pequenas janelas/buracos” na embalagem e borrifar com água pelo menos 2 vezes por dia que os cogumelos acabarão por aparecer.

Existem kits à venda que permitem obter até 4kg de cogumelos. Ver aqui.

Normalmente nestes kits começam a sua produção entre a partir dos 25-30 dias após a inoculação (com pequenos pontos brancos) que passados alguns dias se transformam em cogumelos prontos a colher. Na maior parte das vezes, estes kits dão mais do que uma única produção. Mantenha apenas as condições de cultivo adequadas tais como ausência de iluminação, temperaturas amenas, ventilação razoável e humidade do ar de cerca de 80% (pode comprar um medidor de humidade para controlar este valor).

Espero que tenham gostado deste artigo! E vocês, já produzem cogumelos em casa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here