As ervas aromáticas reúnem um grande número de apreciadores e por essa razão, são cada vez mais as pessoas que querem aventurar-se a semear  e plantar este tipo de plantas na esperança de obter bons resultados no momento da colheita. Já experimentou ter um canteiro de aromáticas em casa?

Desengane-se se acha que só podem produzir plantas aromáticas quem tem um terreno de dimensões consideráveis e tem uma vasta experiência nesta temática.

Ter um canteiro de aromáticas é simples e não necessita de grande espaço, podendo fazê-lo numa pequena divisão da sua casa ou na seu horta e jardim. Neste artigo, vou dar-lhe a conhecer 5 exemplos de ervas aromáticas que pode e deve cultivar no outono 🙂 Curioso? Então continue a ler este artigo 🙂

Coentros e Salsa

Ambas pertencem à família das Apiáceas, podendo atingir até 80 cm de altura, caso as condições que lhe proporcionamos para o seu desenvolvimento sejam as adequadas. Mais à frente neste artigo, falaremos sobre quais são as condições ideais para o seu crescimento e desenvolvimento.

Estas duas aromáticas não são muito exigentes no que diz respeito a solos, podendo ser cultivadas em quase todo o tipo de solos.

No entanto, para maximização dos bons resultados, é importante destacar que tanto os coentros como a salsa têm preferência por solos leves, com boa drenagem com um teor em matéria orgânica significativo.

Os coentros e a salsa podem ser cultivados durante todo o ano, embora existam épocas do ano em que cultivar estas aromáticas trará melhores resultados.

Por exemplo: os coentros são mais tolerantes a temperaturas elevadas enquanto a salsa por ser uma cultura de estação fresca não tolera tão facilmente como os coentros.

As melhores alturas para semear coentros vão de fevereiro a setembro e para semear salsa, embora possa fazê-lo todo o ano, deve fazê-lo nos meses da Primavera e em agosto e setembro.

De forma a ter estas aromáticas sempre prontas a colher durante todo o ano, faça sementeiras escalonadas.

A forma mais usual de cultivar coentros e salsa é semear diretamente no local onde vão ser produzidas.  Nestes casos, opte por um compasso de sementeira em que as plantas fiquem distanciadas aproximadamente de 25 a 30 cm entre si e 15 cm entre as plantas na linha.

No que diz respeito à profundidade a que é colocada a semente, esta é diretamente proporcional ao tamanho da semente.  Dado que as sementes dos coentros são maiores, devem ficar colocadas a uma maior profundidade (~1 cm). Já a salsa deve ficar semeada a uma profundidade inferior (~0,5cm).

Saiba mais sobre o cultivo de coentros e salsa aqui.


Tomilho

O tomilho cujo nome científico é Thymus vulgaris é uma erva aromática perene que pode atingir até 50 cm de altura, apresentando folhas de dimensões muito reduzidas e extremamente aromáticas. Existem várias espécies desta erva aromática tais como: tomilho-limão, o tomilho-alcarávia, tomilho-rastejante, entre outros.

É usado tanto na cozinha como para fins medicinais dadas as suas propriedades.

O tomilho não é um exemplo de erva aromática muito exigente podendo ser cultivado praticamente em qualquer lugar pois suporta um leque de temperatura e condições bastante distinto. Como gostam de luminosidade, garanta que cultiva tomilho num local com algumas horas de luz solar diária.

O tomilho gosta de solos bem drenados, leves e férteis embora possa desenvolver-se em solos mais pobres.

O ideal é que garanta que o pH do solo onde vai cultivar esta aromática seja ligeiramente alcalino.

Garanta que rega frequentemente para que o solo esteja sempre ligeiramente húmido, evitando no entanto o excesso de água.

Pode cultivar tomilho através de sementeira, por divisão de touceiras ou por estaquia. Tenha em conta que se o fizer por sementeira, necessitará de aguardar mais tempo pelo ínicio da colheita pois o processo de cresciemnto e desenvolvimento tornar-se-à mais moroso.

A germinação das sementes de tomilho pode demorar de 1 a 3 semanas.

Sálvia

Esta planta  cujo nome científico é  Salvia officinalis caracteriza-se por ser arbustiva, perene e com origem no Mediterrâneo.

Tal como o próprio nome indica, este planta   é capaz  de salvar (no latim o seu nome é “salvi”, que quer dizer salvar e, popularmente, também pode ser designada por  sálvia-comum ou sálvia-das-boticas).

E agora falando de mulher para mulher, conheça neste artigo  os benefícios que a sálvia pode fornecer-nos, especialmente para o sexo feminino.

Sabia por exemplo que esta planta aromática é usada em grande parte  das medicinas populares europeias como forma de prevenção e tratamento de alguns problemas de saúde?

Relativamente às condições de cultivo, de ressalvar que a sálvia necessita de luz solar direta pelo menos 5-6horas por dia para garantir o seu bom desenvolvimento. A sálvia gosta de solos bem drenados, leves e férteis, no entanto, não é muito exigente neste aspeto.

Deve regar com frequência mas nunca em excesso pois pode revelar-se prejudicial.

Pode cultivar sálvia a partir de sementes, por estaquia, por alporquia ou por divisão de touceiras.

Saiba mais sobre as propriedades da sálvia aqui.

Cebolinho

cebolinho é uma das minhas aromáticas favoritas além de ser uma planta bonita, com muito sabor e que se adapta bem caso seja cultivada em recipientes como vasos ou floreiras.

É um ótimo exemplo de aromática que pode ser usada para o tempero de saladas, sopas ou molhos. Além disso, as suas flores são comestíveis, sabia?

Pode ser cultivada em qualquer época do ano assim como colhida. Além de poder cultivar cebolinhos em recepientes tal como referi anteriormente pode fazê-lo em qualquer local da sua casa desde que garanta que o mesmo receberá pelo menos seis horas de luz diárias.

É importante que regue esta aromática regularmente mas mais uma vez evite o excesso de humidade pois pode ser prejudicial. Em caso de dúvida, faça o teste do dedo.

Para garantir que esta aromática tem todos os nutrientes de que necessita, utilize um susbtrato adequado para aromáticas já fertilizado.

Se optar por cultivar cebolinho em recipientes, garanta que este possua pelo menos 30 cm de diâmetro para que esta aromática consiga devolver-se corretamente.

Pode cultivar cebolinho quer sozinho quer junto a outras aromáticas tais como manjericão, salsa e coentros. Pode também cultivá-lo consociado com culturas hortícolas pois vai trazer-lhe muitos benefícios. Falarei em outro artigo sobre este tema! 🙂

Bons cultivos:)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here