Sexta-feira, Maio 24, 2024

Conheça o sétimo mandamento da nova PAC

Um dos objetivos da nova Política Agrícola Comum (PAC) é apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, além de promover a atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores. Com o crescente desafio da mudança climática, a PAC enfatiza a importância da agricultura sustentável para a preservação do meio ambiente e do ecossistema agrícola, garantindo a produção de alimentos de qualidade para a sociedade. Neste artigo, discutiremos a relação entre a nova PAC e a sua abordagem para apoiar e incentivar os jovens agricultores e novos agricultores, no sentido de garantir a sustentabilidade da agricultura em Portugal e em toda a União Europeia.

1-Apresentação do projeto GreenlightPlus e objetivo da atividade

“Os 10 Mandamentos da PAC” é uma atividade do Projeto GreenlightPlus, cofinanciado pela Comissão Europeia, que visa a disseminação dos objetivos estratégicos fundamentais da nova Política Agrícola Comum (PAC). A PAC é a política europeia comum mais antiga (60 anos) que faz parceria entre a agricultura e a sociedade e entre a Europa e os seus agricultores.

2-Objetivo do artigo

sétimo objetivo da nova PAC visa atrair e apoiar os jovens agricultores e os novos agricultores e facilitar o desenvolvimento sustentável das empresas nas zonas rurais. O apoio e incentivo ao desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais é fundamental para garantir a sustentabilidade ambiental, social e económica dessas áreas. A agricultura é uma das principais atividades económicas nas zonas rurais, e a promoção da sua sustentabilidade é crucial para garantir o bem-estar das comunidades rurais, a preservação do meio ambiente e a produção de alimentos de qualidade.

3-Contextualização sobre a nova PAC e a promoção do rural.

A agricultura sustentável envolve práticas que minimizam o impacto ambiental, como a conservação do solo, a redução do uso de produtos químicos e a gestão eficiente da água. Além disso, a agricultura sustentável busca integrar as dimensões social e económica, garantindo que os agricultores tenham rendimentos justos e que as comunidades rurais sejam beneficiadas pelo desenvolvimento económico que as suas atividades agrícolas proporcionam.

A promoção da atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores também é importante para garantir a continuidade da atividade agrícola e o desenvolvimento sustentável das zonas rurais. A agricultura é uma profissão essencial para a produção de alimentos, mas muitas vezes é vista como pouco atraente pelos jovens, devido a condições de trabalho difíceis e baixas margens de lucro. Portanto, é necessário incentivar e apoiar a formação, a capacitação e a integração dos jovens e novos agricultores no setor, a fim de garantir a continuidade e a renovação da atividade agrícola.

4-Análise de dados europeus

Com base em dados estatísticos recentes, é possível concluir a cerca da importância de apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, além de promover a atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores na União Europeia.

  • Segundo dados da Eurostat, em 2020, a UE produziu 309,5 milhões de toneladas de produtos agrícolas, sendo responsável por 16% da produção mundial. Essa produção é essencial para garantir a segurança alimentar da UE e do mundo.
  • Ainda, de acordo com a Comissão Europeia, a agricultura emprega diretamente cerca de 10 milhões de pessoas na UE, o que representa 4,3% da força de trabalho total. Além disso, a agricultura é responsável por criar empregos indiretos em outras indústrias, como processamento de alimentos e turismo rural.
  • Dados da Comissão Europeia mostram que a maioria dos agricultores na UE tem mais de 55 anos e que há uma falta de jovens e novos agricultores que pretendem exercer esta profissão. Estima-se que, atualmente, menos de 7% dos agricultores na UE tenham menos de 35 anos.
  • Em 2018, a UE lançou uma iniciativa chamada “Jovens Agricultores”, que visa apoiar e incentivar os jovens e novos agricultores a ingressarem na profissão. A iniciativa inclui medidas como o acesso a crédito, a formação e a capacitação, além de medidas específicas para a promoção da igualdade de género na agricultura.

Estes dados estatísticos mostram a importância do apoio e incentivo ao desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, além da promoção da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores na UE. A agricultura é uma atividade essencial para a segurança alimentar, o emprego e o desenvolvimento econômico e social das zonas rurais, e a promoção da agricultura sustentável é fundamental para garantir a continuidade e a renovação da atividade agrícola e para a preservação do meio ambiente.

5-Análise de dados nacionais

  • De acordo com o INE, em 2020, a agricultura representou 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB) português. Além disso, o setor agrícola empregou cerca de 10% da população ativa em Portugal.
  • Segundo dados do Ministério da Agricultura, em 2020, foram aprovados mais de 2.500 projetos de investimento no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020. Esses projetos abrangem áreas como a agricultura, a floresta e o desenvolvimento rural, e visam apoiar o desenvolvimento sustentável das zonas rurais.
  • O Ministério da Agricultura também oferece apoios específicos para jovens agricultores em Portugal, incluindo o Programa de Apoio aos Jovens Agricultores. Desde 2015, foram aprovados mais de 6.000 projetos de jovens agricultores em Portugal.
  • Dados do INE mostram que, em 2020, a produção de produtos biológicos em Portugal aumentou 14,4% em relação ao ano anterior. Isso indica uma tendência crescente para a agricultura sustentável em Portugal, que busca reduzir o uso de produtos químicos e preservar o meio ambiente.
  • Em 2019, cerca de 18% das explorações agrícolas em Portugal utilizaram práticas agrícolas de conservação do solo e 15% utilizaram práticas de gestão eficiente da água.

Estes dados mostram a importância de apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, além de promover a atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores em Portugal. A agricultura é um setor fundamental para a economia do país e a promoção da agricultura sustentável é crucial para garantir a continuidade da atividade agrícola e a preservação do meio ambiente.

6-Comparação Portugal vs Europa

Comparando os dados nacionais e europeus, podemos observar que tanto em Portugal como na União Europeia a agricultura é uma atividade económica importante e que existem iniciativas para apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, além de promover a atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores.

No que se refere à importância económica da agricultura, tanto em Portugal como na UE, a agricultura representa uma proporção significativa do PIB e emprega uma proporção significativa da população ativa. Em Portugal, a agricultura representa 2,4% do PIB e emprega cerca de 10% da população ativa, enquanto na UE a agricultura representa cerca de 1,3% do PIB e emprega cerca de 4,3% da força de trabalho total.

Tanto em Portugal como na UE, existem iniciativas para apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais. Em Portugal, o Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020 é um exemplo de iniciativa que procura promover o desenvolvimento sustentável da agricultura e o incentivo à renovação geracional na atividade agrícola. Na UE, a Política Agrícola Comum (PAC) também visa promover a agricultura sustentável e o desenvolvimento rural.

No que se refere à promoção da atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores, tanto em Portugal como na UE, existem iniciativas para apoiar a formação, a capacitação e a integração dos jovens e novos agricultores na atividade agrícola. Em Portugal, existem iniciativas promovem o acesso à terra, ao crédito e à formação para os jovens agricultores. Na UE, iniciativas similares permitem apoiar e incentivar a renovação geracional na atividade agrícola.

Em suma…

A importância de apoiar e incentivar o desenvolvimento sustentável da agricultura e das empresas nas zonas rurais, bem como a promoção da atratividade da profissão de agricultor para os jovens e novos agricultores, estão em sintonia com a nova Política Agrícola Comum (PAC) da União Europeia. A PAC tem como objetivo promover a sustentabilidade, a renovação geracional e a competitividade da agricultura europeia, além de melhorar a gestão dos recursos naturais e combater as alterações climáticas. Para alcançar esses objetivos, a PAC inclui medidas específicas para apoiar os jovens agricultores, promover a agricultura sustentável e fomentar o desenvolvimento rural. É fundamental que os governos nacionais e regionais em Portugal, assim como outros países da UE, aproveitem essas oportunidades e trabalhem para implementar as medidas da PAC, a fim de garantir a continuidade e o desenvolvimento sustentável da atividade agrícola e das zonas rurais.

Referências bibliográficas

Eurostat. Agriculture, forestry and fishery statistics – 2021 edition. Disponível em: https://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/index.php?title=Agriculture,_forestry_and_fishery_statistics_-_2021_edition

Comissão Europeia. Agriculture and rural development – Facts and figures. Disponível em: https://ec.europa.eu/info/food-farming-fisheries/farming/facts-and-figures_en

Comissão Europeia. Young farmers. Disponível em: https://ec.europa.eu/info/food-farming-fisheries/key-policies/common-agricultural-policy/rural-development/young-farmers_en

Instituto Nacional de Estatística (INE). Agricultura, floresta e pesca – Síntese de indicadores. Disponível em: https://www.ine.pt/ngt_server/attachfileu.jsp?look_parentBoui=547027529&att_display=n&att_download=y

Ministério da Agricultura. Apoios e incentivos – Jovens agricultores. Disponível em: https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/area-de-governo/agricultura/fundo-europeu-agricultura-rural/apoios-e-incentivos/jovens-agricultores

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos