ICNF tem 50.000 árvores autóctones para oferecer a cidadãos e proprietários rurais

0
52

Fonte: Agricultura e Mar

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) comemora este ano o dia 21 de Março, Dia Internacional das Florestas, a disponibilizar 50.000 árvores autóctones, gratuitamente, aos cidadãos e proprietários rurais que desejem fazer plantação.

As espécies disponíveis para recolha são: medronheiros, sobreiros, azinheiras, pinheiros mansos, alfarrobeiras, romãzeiras, castanheiros, amieiros, entre outras folhosas.

Cada cidadão pode recolher um máximo de 10 exemplares. Os representantes de entidades privadas sem fins lucrativos podem levantar até um máximo de 50 exemplares.

Os proprietários rurais, que tenham como objectivo a plantação em pequenas parcelas de terreno (com área não superior a 5.000 m2), desde que identifiquem a parcela a plantar, podem levantar até um máximo de 100 exemplares.

As árvores produzidas nos viveiros do ICNF serão distribuídas entre os dias 19 e 26 de Março de 2021, nos postos de atendimento seleccionados do Instituto, em todo o País (ver aqui).

Em 1872, no Nebrasca (Estados Unidos), face à escassez de árvores e florestas, a população decidiu dedicar um dia à plantação de árvores. A iniciativa internacionalizou-se e a festa passou da Árvore às Florestas, comemorada a 21 de Março, o primeiro dia de Primavera, e desde 2012 a Dia Internacional das Florestas, para celebrar e alertar para importância de todos os tipos de florestas.

Como pedir a sua árvore

Explica o ICNF que para obter estas árvores de espécies autóctones deve inscrever-se para recolher as árvores através do contacto telefónico do local seleccionado ou por email para ICNFsomosTodosnos@icnf.pt. O candidato deve ainda identificar-se nos locais de recolha no horário combinado, comprometer-se a remeter uma fotografia da plantação o mesmo email e partilhar ou permitir a partilha das fotos com a hashtag #ICNFsomosTODOSnos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.