img

O que é a Agricultura Digital?

/
/
/

Atualmente, a população agrícola tem manifestado um maior interesse pela temática da agricultura digital,quer devido à evolução tecnológica que a agricultura atualmente atravessa bem como devido à constante atualização do saber e constante aposta na inovação tecnológica e investigação científica que se verifica na área da Engenharia Agronómica.  Tal facto é acentuado com a crescente procura por parte dos agricultores e técnicos agrícolas por ferramentas que permitam uma  agricultura de precisão (muito “na moda” actualmente) bem como por sistemas de produção agrícola conectados e baseados em conhecimento agronómico.

Que tecnologias usa a agricultura digital?

A agricultura digital usa tecnologias da Agricultura de Precisão e  recorre também adicionalmente a redes inteligentes e ferramentas de gestão de dados.

Qual o objectivo da agricultura de precisão?

A agricultura de precisão tem como principal objectivo tirar partido de toda a informação disponível bem como conhecimento empírico, para conseguir dessa forma a automação de processos sustentáveis agrícolas.

  • Melhoria  dos processos de gestão agrícola 

A agricultura digital permite um planeamento e gestão dos recursos humanos e agronómicos de forma mais eficaz com base em vários factores como medição do desempenho da exploração agrícola assim como uma gestão mais eficaz das  culturas a ela associadas (rendimento, custos, lucros, etc). A informatização da agricultura permite efectuar uma gestão preditiva (que é a mais aconselhável permitindo uma antecipação dos problemas) evitando futuros problemas que possam surgir de um acompanhamento agronómico menos atento.

  • Tomada de decisão mais rápida

O AGRICULTOR DEVE TER UMA ATITUDE PREDITIVA E NÃO REACTIVA! Prever possíveis problemas na sua exploração agrícola, permite uma atuação na raiz do problema de forma mais eficaz, minimizando danos.

  • Troca de dados/benchmarking

Se é agricultor ou técnico agricola ou pretende ser, esqueça a ideia de guardar todas as informações só para si, isso só o prejudica, até porque “ninguém é uma ilha” e a trocas de dados e comparação dos resultados por cultura, regas, modo de produção utilizado, nutrição de plantas com outros colegas de profissão  é benéfico para todos. A agricultura digital, através da informatização dos dados premite tudo isto, por isso, pode ser um caminho a seguir para a sua exploração se destacar.

  • Optimização das operações e factores de produção agrícola

A agricultura digital através de por exemplo um software de gestão agrícola, permite um ajuste mais aperfeiçoado entre os factores de produção utilizados e o rendimento final da colheita.

Quais são as ferramentas utilizadas na agricultura digital?

São várias as ferramentas digitais que podem tornar a sua agricultura mais precisa, rentável e optimizada. Destaco as seguintes:

  • IoT ( também conhecida  em português por “Internet das coisas”)

A esta ferramenta digital estão associados os sensores bem como outro tipo de  maquinaria inteligente que estão conectados em tempo real com a Internet, permitindo uma constante actualização e precisão da informação.

  • Big data

Neste tipo de ferramentas de gestão digital pertencem grandes quantidades de dados sobre a exploração agrícola que permitem com uma maior facilidade identificar pontos críticos e dessa forma minimizar problemas.

  • Inteligência artificial

A grande vantagem deste tipo de ferramentas possuem a grande vantagem de identificar de forma automática padrões de comportamento de certos factores agronómicos, mas também, e não menos importante, auxiliam na modelação de comportamentos agronómicos futuros. (Já viu o quão útil este tipo de ferramenta pode ser?)

  • Deteção remota

Quem já não ouviu falar das maravilhas da deteção remota? Esta ferramenta digital permite a recolha da informação agronómica com maior relevância à distância(a vantagem desta ferramenta é o óbvio ganho de qualidade vida e de mais tempo para os seus hobbies, sem precisar de estar constantemente a deslocar-se aos terrenos onde está instalada a(s) sua(s) cultura(s)). A detecção remota permite com o recurso a equipamentos de monitorização montados em satélites ou drones, acompanhar a sua cultura de forma mais simples e tecnológica e “ganhar” mais tempo para si.

 

E então? Já ficou convencido(a) das vantagens da agricultura digital? É certo que nem todos nós dominamos as ferramentas informáticas de gestão agrícola, mas a boa notícia é que muitas destas plataformas são extremamente intuitivas e tem todo o acompanhamento técnico e informático necessário para que a gestão das suas culturas e exploração agrícola  de forma digital seja cada vez mais o caminho a seguir.

1 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar