Segunda-feira, Abril 22, 2024

O que é a Internet of Things e como está a transformar a agricultura?

Autor do artigo: Sara Sousa,Agroop

Vivemos num mundo conectado. Aparelhos e objetos têm hoje a capacidade de estarem ligados à rede, gerindo dados e comunicando entre si. Este fenómeno chama-se Internet of Things (IoT) e se há setor que o tem aplicado com resultados transformadores, é a agricultura.

Com a população mundial a aproximar-se dos 9,73 mil milhões de pessoas em 2050, a agricultura terá que produzir 70% mais do que produz atualmente, segundo a ONU. Além disso, o aumento da temperatura, a maior ocorrência de condições meteorológicas extremas e o impacto ambiental de práticas de agricultura intensiva tornam o panorama ainda menos favorável.

É urgente tornar o setor agrícola mais eficiente e produtivo – e cada vez mais empresas e profissionais da área estão a aperceber-se do potencial da IoT para este efeito.

Internet of Things

Fonte de imagem:Mato Grosso Econômico

O que é que a IoT pode fazer pela agricultura?

Uma das aplicações mais eficazes da IoT na actividade agrícola consiste na instalação, nos campos de cultivo, de sensores que transmitem informação para smartphones, computadores ou tablets.

Estes sensores recolhem dados como humidade e temperatura do solo, radiação solar, precipitação, etc. Desta forma, o agrónomo ou agricultor recebe, numa aplicação instalada num dispositivo, informação que pode ir desde previsão e relatórios de eventos de rega a previsões meteorológicas, passando por evapotranspiração das culturas, horas de folha molhada, horas de frio, etc.

 Internet of Things (IoT) 

Fonte da imagem:Endeavor

Com estes dados, que ficam armazenados na cloud, o agricultor ou agrónomo pode:

  • Monitorizara sua exploração a qualquer distância;
  • Tomar decisões mais informadas;
  • Saber quando as plantas estão em condições para desenvolver doenças;
  • Poupar nos gastos em água e tratamentos químicos;
  • Fazerprevisões com base na informação acumulada; entre outras possibilidades.

Este segmento do mercado da tecnologia agrícola está a ganhar cada vez mais popularidade – estima-se que, em 2025, o valor do mercado mundial de sensores alcance os 235,2 milhões de euros.Outros exemplos da Internet of Things na agricultura são sistemas de captação de imagem das culturas, que permitem ao agrónomo diagnosticar problemas, e drones que, além de análise dos campos, também permitem regar ou pulverizar as culturas à distância.

O que pensa sobre este fenómeno? Deixe o seu comentário abaixo.

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos