Portugal vai poder exportar uva de mesa para a China

Autor: Agricultura e Mar

O Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, efectuou uma Visita de Estado a Portugal nos dias 4 a 5 de Dezembro de 2018. E foram muitos os protocolos assinados. Um deles, assinado por Capoulas Santos, vai permitir a exportação de uvas de mesa para a China.

O Protocolo relativo aos requisitos fitossanitários para a exportação de uva de mesa portuguesa para a República Popular da China, foi assinado, pelo lado português, por Luís Capoulas Santos, ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, e pelo lado chinês por Cai Run, Embaixador da China em Portugal.

Requisitos fitossanitários

Este protocolo de cooperação estabelece os requisitos fitossanitários, que são aplicados aos operadores económicos portugueses, tendo em vista a exportação de uvas de mesas para o mercado chinês.

Os requisitos incluem as características das uvas de mesa, assim como o registo nacional dos operadores, a gestão ao nível da produção, o controlo de pragas, a embalagem, as inspecções prévias à exportação, entrada, quarentena e conformidade.

Com a entrada em vigor do Protocolo, os operadores económicos portugueses encontram-se autorizados a exportar uvas de mesa para a China.

Relações em alta

Durante a visita, o Presidente Xi Jinping encontrou-se com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o presidente da Assembleia da República Portuguesa, Eduardo Ferro Rodrigues, e com o primeiro-ministro, António Costa.

Os dirigentes dos dois países avaliaram como muito positivos os desenvolvimentos crescentes no relacionamento entre Portugal e a China, caracterizado por uma amizade tradicional, e trocaram impressões sobre as relações bilaterais, as relações China-União Europeia e os temas internacionais e regionais de interesse comum, alcançando amplo consenso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *