Tudo o que deve saber sobre substratos e como escolher os melhores

0
204

Os substratos são caracterizados por serem a base de materiais onde se desenvolvem as raízes das plantas e que devem ser usados principalmente para colmatar as necessidades de ar, água bem como as necessidades nutricionais das culturas.O desenvolvimento adequado das plantas depende em grande parte das propriedades químicas, físicas e biológicas dos substratos utilizados, pelo que deve analisar bem a composição deste no momento da compra. Cada espécie tem um substrato ótimo capaz de garantir a qualidade adequada ao desenvolvimento das plantas maximizando-o no seu todo.As propriedades físicas são das características mais importantes no momento de seleção do melhor substrato. Neste grupo estão incluídas a estrutura e textura – por exemplo a capacidade de retenção vs drenagem da água, a plasticidade, a porosidade e a densidade do substrato. Saiba mais sobre os susbtratos neste artigo.

substrato na horta

Dentro das características anteriormente enunciadas, a densidade do substrato é das mais importantes e está diretamente relacionada com a dimensão do recipiente/vaso/floreira a ser utilizado. Assim, recipientes mais pequenos, não necessitam de substratos com densidades muito elevadas assim como o inverso.

No que diz respeito às propriedades químicas, destaco como características a considerar: os valores de pH, os valores da condutividade elétrica e troca catiónica. Estas propriedades químicas ao contrário das propriedades físicas podem ser totalmente ou parcialmente corrigidas, uma vez que é possível corrigir a recção do meio assim como o teor de nutrientes disponível durante o desenvolvimento das culturas.

substrato para plantas

Características essenciais dos substratos: quais as principais?

  1. Firmeza

O substrato deve ser firme o suficiente para facilitar entre outros fatores, o enraizamento ou a germinação;

  1. Volume constante

O volume do substrato quando molhado ou seco deve ser constante, não ocorrendo compactação do mesmo.

  1. Maturação

O substrato deve estar bem maturado para impedir a imobilização do azoto, entre outros fatores;

  1. Retenção de água

O substrato deve ter uma equilibrada capacidade de retenção de água para não exigir uma rega demasiado frequente.

  1. Limpeza e Higienização do substrato

O Substrato deve estar higienizado e limpo de forma a não inocular pragas e doenças às plantas.

  1. Porosidade

O substrato deve ser suficientemente poroso para facilitar a drenagem do excesso de água evitando o encharcamento, facilitando a respiração do sistema radicular.

  1. Baixa quantidade de sais
  2. Boa capacidade para disponibilizar água e nutrientes, garantindo o crescimento e desenvolvimento das plantas – capacidade de troca catiónica – elevado teor em matéria orgânica.
  3. Estrutura e granulometria adequadas

 

4 sugestões de substratos para 4 tipos de plantas diferentes

 

1-Orquídeas

substrato para orquideasSe está a pensar comprar um bom substrato para as suas orquídeas devo salientar que o substrato que escolher deve possui uma textura mais grosseira à base de casca de pinho, para assegurar que a drenagem é efetuada da forma mais correta, evitando problemas de arejamento/ encharcamento no sistema radicular destas plantas. Um substrato apropriado para orquídeas é essencial para servir de “apoio” à planta, de forma que as raízes se mantenham firmes, mas não compactadas. Por outro lado, a escolha de um bom substrato para orquídeas garante um pH ácido, uma circulação de nutrientes e de ar eficaz e uma drenagem em eficiente. Conheça o substrato Orquídeas da Nutrofertil aqui.

 

2- Aromáticas e Medicinais

substrato para aromáticasQuer semeie em vaso ou quer semeie numa pequena floreira (no caso de ter limitação de espaço) a sua maior preocupação deve ser usar um substrato indicado para aromáticas que retenha água de forma equilibrada e possua na sua composição alguma matéria orgânica para fornecer estrutura, que permita um bom arejamento bem como uma quantidade adequada de nutrientes às plantas.

Conheça o substrato Aromáticas da Nutrofertil aqui.

 

3- Cactos e suculentas: plantas de fácil manutenção

substrato para cactosPara garantir o bom desenvolvimento dos seus cactos e  suculentas, é imprescindível que opte por adquirir um substrato próprio para este tipo de plantas, que seja capaz de suprimir as suas necessidades e garantir o seu bom desenvolvimento. É importante que o substrato que escolher para estas plantas seja leve e tenha uma textura e composição adequadas para garantir a drenagem de que precisam. Para além de garantir a drenagem, o substrato para os seus catos e/ou suculentas deve também garantir a oxigenação para evitar o apodrecimento das raízes, uma vez que estas plantas provêm de zonas áridas onde não existe muita água e por essa razão sobrevivem durante grandes períodos de seca.

Conheça o substrato Cactos e suculentas da Nutrofertil aqui.

 

4-Roseiras

substrato para roseirasTer umas roseiras bonitas nem sempre é fácil uma vez que são arbustos ornamentais exigentes. Para que cresçam e se desenvolvam corretamente necessitam de um substrato que cumpra vários requisitos, sendo que, o principal é a sua riqueza em matéria orgânica.

Um substrato próprio para roseiras deve garantir a não tendência para ficar encharcado, de ter boa drenagem, devendo dar prioridade a substratos que sejam capazes de nutrir a planta ao longo do seu ciclo vegetativo. Para este tipo de plantas, opte sempre que possível por substratos com uma composição equilibrada e matéria orgânica com argila.

Saiba mais sobre o substrato roseiras aqui.

 

Costuma usar substratos? Já usa estes da Nutrofertil?

 

Bibliografia:

Adaptado do livro de Luís Miguel Brito: “Compostagem, fertilização do solo e substratos”.

Artigo patrocinado pela Nutrofertil*

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.