11 Estratégias para aumentar a matéria orgânica no solo

A importância da matéria orgânica no solo é inegável para uma agricultura sustentável. Aumentar a matéria orgânica no solo não só melhora a fertilidade, a estrutura e a retenção de água do solo, mas também contribui para a redução da erosão e do impacto ambiental das atividades agrícolas. Neste artigo, iremos explorar algumas estratégias práticas e acessíveis para aumentar o teor de matéria orgânica no solo. Curioso(a) para saber quais são?

 1-Adição de Composto Orgânico

matéria orgânicaO composto orgânico é um dos melhores amigos do solo. É o resultado da decomposição de resíduos orgânicos, como cascas de vegetais, restos de jardim e estrume. Quando adicionado ao solo, o composto fornece uma riqueza de matéria orgânica, que serve como alimento para microrganismos benéficos. Além disso, ajuda a melhorar a capacidade de retenção de água do solo e a sua estrutura. A aplicação regular de composto enriquece o solo com nutrientes essenciais, como azoto, fósforo e potássio, contribuindo para a saúde das plantas.

Conhece o Composto orgânico Húmus da Nutrofertil aqui.

 

2-Cultivo de Plantas de Cobertura

As plantas de cobertura são uma estratégia eficaz para melhorar a matéria orgânica do solo. Ao crescerem temporariamente entre as culturas principais, estas plantas não apenas protegem o solo da erosão e da compactação, mas também adicionam resíduos vegetais quando são incorporadas ao solo. À medida que as plantas de cobertura se decompõem, enriquecem o solo com matéria orgânica, promovendo a atividade microbiana e melhorando a sua textura.

3-Rotação de Culturas

A rotação de culturas é uma prática agrícola antiga que continua a ser relevante. Ao alternar as culturas plantadas numa área, evitamos o esgotamento de nutrientes específicos no solo. Cada cultura traz diferentes benefícios, contribuindo para a acumulação de matéria orgânica através da incorporação de resíduos vegetais diversos. Além disso, a rotação de culturas ajuda a quebrar ciclos de pragas e doenças que podem afetar culturas específicas.

Imagem de macrovector no Freepik

4-Uso de Estrume ou Composto Animal

O estrume animal, quando bem decomposto/curtido, é uma fonte rica de matéria orgânica para o solo. A sua aplicação adiciona não apenas matéria orgânica, mas também nutrientes essenciais, como o azoto, que as plantas necessitam para crescer saudáveis. No entanto, é crucial garantir que o estrume esteja completamente decomposto antes da aplicação, para evitar a contaminação do solo e a possível proliferação de patogénicos.

Conhece o Fertimax Estrume de Cavalo da Nutrofertil aqui.

 

 

5-Práticas de Agricultura de Conservação

A agricultura de conservação envolve uma série de práticas que minimizam a perturbação do solo. A sementeira direta, por exemplo, envolve cultivo diretamente no solo sem mobilizá-lo. Isto preserva a estrutura do solo e a sua matéria orgânica, pois não são expostos à erosão causada pelas máquinas agrícolas usadas na mobilização. Além disso, a utilização de cobertura morta, como palha ou folhas, cria uma camada protetora sobre o solo, que ajuda a reter a humidade, reduzir o aparecimento de plantas infestantes e promover a decomposição da matéria orgânica na superfície.

 6-Utilização de Resíduos Agrícolas

Os resíduos agrícolas, como a palha de cereais e outros restolhos, podem ser uma valiosa fonte de matéria orgânica para o solo. Ao “tritulá-los” e espalhá-los sobre o solo, estamos a fornecer uma fonte adicional de matéria orgânica que irá decompor-se gradualmente. Isto contribui para a melhoria da estrutura do solo e o enriquecimento com matéria orgânica. É uma prática especialmente útil após a colheita de culturas, quando a palha/restolho está disponível em abundância.

7-Aplicação de Biomassa Triturada

A biomassa triturada, como ramos de árvores, restos de culturas ou cascas de árvores, pode ser triturada e espalhada sobre o solo. Esta matéria orgânica, quando devidamente decomposta, enriquece o solo com nutrientes e melhora a sua estrutura. Além disso, a biomassa triturada age como cobertura morta, ajudando a reter a humidade e a reduzir a erosão.

8-Utilização de Fertilizantes Orgânicos

Fertilizantes orgânicos, como farinha de ossos, cascas de ovo, cascas de banana ou estrumes são ricos em matéria orgânica. Estes fertilizantes não só fornecem nutrientes essenciais às plantas, mas também contribuem para o aumento da matéria orgânica do solo quando são incorporados. A sua utilização é uma forma eficaz de enriquecer o solo com nutrientes e matéria orgânica ao mesmo tempo.

Conhece o BioFertil N6 e o Fertimax Estrume de Cavalo da Nutrofertil, excelentes exemplos de fertilizantes orgânicos.

 

 

Biofertil- Nutrofertil

9-Sistemas Agroflorestais

Os sistemas agroflorestais envolvem o cultivo de árvores, arbustos e culturas agrícolas juntos numa mesma área. As árvores e arbustos fornecem matéria orgânica contínua, na forma de folhas caídas e outros resíduos vegetais, que enriquece o solo. Além disso, as raízes profundas das árvores podem “quebrar” o solo compactado e melhorar a sua estrutura.

10-Vermicompostagem

A vermicompostagem é um processo onde minhocas são usadas para decompor resíduos orgânicos, como cascas de vegetais e restos de cozinha. O resultado é um composto conhecido como vermicomposto, que é rico em nutrientes e matéria orgânica. A aplicação deste composto no solo aumenta a matéria orgânica, melhora a sua estrutura e promove a atividade microbiana benéfica.

11-Uso de Plantas Fixadoras de Azoto

Plantas como o trevo ou a serradela são capazes de fixar o azoto atmosférico no solo assim como outras leguminosas, tem a capacidade de enriquecer com este nutriente essencial. Quando estas plantas são incorporadas ao solo, não apenas adicionam matéria orgânica, mas também fornecem uma fonte adicional de azoto para as culturas subsequentes.

 

Em suma…

 

Aumentar a matéria orgânica no solo é fundamental para a produtividade e sustentabilidade da agricultura. Através da adição de composto orgânico, cultivo de plantas de cobertura, rotação de culturas, uso de estrume ou compostos, práticas de agricultura de conservação e utilização de resíduos agrícolas, os agricultores podem melhorar a saúde do solo, aumentar a sua fertilidade e contribuir para uma agricultura mais sustentável. Investir no solo é investir no futuro da agricultura.

 

Artigo patrocinado pela Nutrofertil*

More like this

Importância do pH do solo: como medir e ajustar

 Para agricultores iniciantes, compreender a importância do pH do solo é fundamental para o sucesso das suas...
como usar o estrume na horta

Como usar estrume na horta: dicas e cuidados

O estrume é um dos fertilizantes orgânicos mais antigos e eficazes na agricultura. No entanto, o seu...
como melhorar a fertilidade do solo

Saiba como melhorar a fertilidade do solo naturalmente

Melhorar a fertilidade do solo é uma das tarefas-chave para qualquer agricultor, seja ele iniciante ou experiente....