Olá! Espero que se encontrem bem! Hoje venho falar-vos sobre o cultivo de uma cultura que confesso que até há bem pouco tempo não apreciava: a beterraba. Talvez pelo seu sabor tão característico e forte, ou por tipicamente não ter uma presença assídua na horta cá de casa nunca foi algo que consumia regularmente. No entanto, depois de me aperceber das suas propriedades nomeadamente do reforço do sistema imunitário, combate a doenças como a anemia ou até mesmo as por possuir açúcares de absorção lenta, dei-lhe uma segunda oportunidade 🙂 Quer aprender a cultivar beterraba? Então, continue a ler este artigo!

como cultivar beterraba

Conheça a Beta vulgaris L.

Este artigo tem como base o cultivo da Beta Vulgaris L. que consiste na beterraba de mesa que consumimos regularmente nas mais diversas refeições e pratos. Esta espécie de beterraba possui dois grupos de cultivares distintas: a Crassa ( na qual a beterraba se insere) e a Cicla da qual a acelga faz parte.

A beterraba de mesa pode ser consumida em fresco ou após transformação industrial através de enlatados ou até mesmo sumos dietéticos de beterraba, muito na moda ultimamente.

Desta, é também extraído o pigmento betacianina muito utilizado como corante na indústria alimentar. Por outro lado, também as suas folhas podem ser aproveitadas e ingeridas em refogados por exemplo, como substituto das folhas de espinafre ou da acelga.

Agora uma curiosidade.

Apesar de este tipo de beterraba ser até bastante consumida na gastronomia, sabia que a beterraba sacarina e a beterraba forrageira são produzidas em muito maior escala?

Características morfológicas da cultura da beterraba

A beterraba caracteriza-se por ser uma cultura bienal, cultivada como anual. A sua raiz aprumada é capaz de penetrar em profundidade o solo, acumulando açúcares de reserva. A sua raíz é composta por pigmentos como a betacianina (responsável pela cor vermelha) e a betaxantina (responsável pela cor amarela da mesma).

As suas flores caracterizam-se por serem bissexuadas e a sua polinização alogâmica(cruzada) e anemófila (pólen transportado pelo vento).

As cultivares de beterraba podem ser classificadas segundo os seguintes critérios: forma da raiz ( achatada, cilíndrica ou globular), cor ( vermelha, branca ou amarela), número de sementes por glomérulo e aptidão (consumo em fresco ou transformação industrial).

como cultivar beterraba

Como cultivar beterraba: condições que deve garantir

A beterraba adapta-se bem a temperaturas mais baixas, sendo tolerante à geada. Consegue ser tolerante a extremos de temperatura com temperaturas elevadas no entanto o excesso de calor pode provocar uma diminuição do desenvolvimento e qualidade da raiz assim como a concentração de pigmentos.

Quanto ao tipo de solos, a beterraba gosta de solos com textura ligeira/média e com uma boa drenagem. Solos muito pesados provocam uma deformação da raiz e solos arenosos promovem que a cultura atinja a maturação de forma mais precoce.

No que diz respeito à salinidade a beterraba mostra-se também tolerante, no entanto, deve evitar cultivar beterraba em solos demasiado ácidos pois a cultura mostra-se sensível a este aspeto (pouco tolerante). Solos ricos em matéria orgânica são benéficos também ao desenvolvimento destas culturas.

Passo a passo para saber como cultivar beterraba

Prepare o solo para receber a cultura

Agora já se decidiu e tem intenções de cultivar beterraba, saiba que antes de instalar a cultura deve fazer uma boa preparação do solo. Isto garanta que garanta uma boa cama de sementeira e uma boa estruturação para que as raízes se desenvolvam corretamente.

Dependendo da compactação do solo, faça uma mobilização do mesmo e elimine quaisquer vestígios de pedras e plantas infestantes que possam existir na parcela que escolheu.

Inicie o cultivo de beterraba

como cultivar beterraba

Pode cultivar beterraba quer por sementeira quem através de plântulas desta cultura.

Se decidir semear, garanta que coloca as sementes de beterraba a uma profundidade até 2,5cm, espaçadas umas das outras pelo menos 15 cm. As sementes, começarão a germinar após cerca de 2 semanas dependendo das condições climatéricas da sua região. Se verificar que as plântulas estão muito próximas umas das outras pode ser necessário fazer um desbaste.

No caso de optar por plantar, coloque as plântulas de beterraba a uma certa profundidade mas faça-o com cuidado de forma a não danificar os caules das mesmas. Neste caso, opte por uma distância de 35/40cm entre filas de plântulas de beterraba.

Fertilização da cultura

No caso de optar pela fertilização orgânica, faça-o com bastante antecedência antes de instalar a cultura da beterraba. Relativamente às exigências nutricionais, a beterraba é exigente em micronutrientes como boro, cloro, manganésio e sódio.

Modere a aplicação de azoto pois a sua aplicação em excesso pode promover um desenvolvimento da parte aérea mais pronunciado em detrimento do desenvolvimento da raiz.

Rega

De forma a que garanta um bom desenvolvimento da cultura da beterraba, garanta que rega frequentemente de forma a que o solo esteja sempre húmido mas nunca encharcado. Esta cultura é tolerante ao stress hídrico, no entanto, é necessário que garanta uma boa disponibilidade hídrica de forma a que garanta uma produção de qualidade.

como cultivar beterraba

Pragas e doenças na cultura da beterraba

Tenho boas notícias. A cultura da beterraba é relativamente resistente ao aparecimento de pragas e doenças. No entanto, algumas doenças podem surgir com alguma regularidade: míldio, murchidão, cercosporiose, etc. Quanto às pragas, a cultura da beterraba pode ser atacada por pulgões, lagartas, nematodes, mosca da beterraba, etc.

Para minimizar danos ocorridos devido a estas pragas e doenças, visite regularmente a sua horta de forma a resolver e combater atempadamente este tipo de problemas fitossanitários.

Quando colher?

Se pretende consumir/comercializar as suas beterrabas com rama deve colher mais precocemente, cerca de 70 dias após a sementeira.

Se pretender apenas consumir a raiz pode colher mais tarde, entre 80 a 90 dias após a instalação da cultura.

Normalmente, quando as suas beterrabas apresentarem o tamanho de uma laranja pode efetuar a colheita, puxando os talos manualmente.

Felizmente, a beterraba conserva-se muito bem na terra e por essa razão pode apenas colher quando tiver intenções de a consumir.

Bons cultivos 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here