Sábado, Fevereiro 24, 2024

Detentores de galinhas poedeiras obrigados a declararem existências até 30 de Setembro

Autor do artigo: Agricultura e Mar

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária relembra que no mês de Setembro de 2023 decorre mais um período obrigatório de Declarações de Existências de Galinhas Poedeiras, conforme o seu Aviso de 9 de Agosto.

“Todos os detentores de galinhas poedeiras ficam obrigados a declarar os efectivos que possuíam à data de 1 de Setembro de 2023”,  refere o Aviso, assinado pela Directora-geral da DGAV, Susana Pombo.

Estão isentos da declaração de existências de galinhas poedeiras os estabelecimentos de galinhas poedeiras com menos de 350 aves e os estabelecimentos de criação de galinhas poedeiras reprodutoras.

A declaração de existências poderá ser efectuada directamente pelo produtor online, aqui, ou em alternativa em qualquer departamento dos Serviços de Alimentação e Veterinária Regionais.

Os detentores de aves encontram-se obrigados a declarar periodicamente as alterações aos seus efectivos, de acordo com os procedimentos a estabelecer por despacho do Director-Geral de Alimentação e Veterinária.

A apresentação das declarações de existências dos efectivos de galinhas poedeiras, deve ser realizada nos meses de Fevereiro e Setembro, até ao último dia do mês a que se referem, considerando o efectivo presente no dia 1 desse mês.

Obrigatoriedade

De acordo com a legislação, e suas alterações, todas as explorações de aves são identificadas pela marca de exploração, constituída por um código único que localiza a exploração no território nacional. A sua atribuição é competência da DGAV.

Todas as explorações de aves são registadas na base de dados do Sistema Nacional de Informação e Registo Animal (SNIRA) e o detentores são responsáveis pela correcta identificação e registo dos seus animais.

A falta da declaração obrigatória de existências pode levar ao pagamento de coimas.

Mais informação aqui.

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos