Quinta-feira, Abril 18, 2024

Operação Floresta Segura da GNR em curso até 30 de Novembro

Fonte:Agricultura e Mar

A Guarda Nacional Republicana (GNR) iniciou, no dia 1 de Fevereiro, a Operação Floresta Segura que decorre, até 30 de Novembro, com o objectivo de executar acções de sensibilização, de fiscalização, de vigilância e detecção de incêndios rurais, de investigação de causas dos crimes de incêndio florestal e validação das áreas ardidas, de forma a prevenir, detectar, combater os incêndios rurais e reprimir actividades ilícitas, procurando garantir a segurança das populações e a preservação do património florestal.

No âmbito da sensibilização a Guarda Nacional Republicana, até ao dia 3 de Março, realizou 715 acções de sensibilização, tendo alcançado 14.471 pessoas, com o objectivo de evitar comportamentos de risco, a adopção de medidas de autoprotecção e uso correcto do fogo, por parte das comunidades, refere um comunicado de imprensa da GNR.

Foram efectuadas 2.859 sinalizações nas freguesias prioritárias, sendo aquelas que apresentam potencial risco de incêndio rural, registadas 206 ocorrências de incêndio e 22 contra-ordenações (14 por queimas e oito por queimadas). Foram registados até ao momento 93 crimes, tendo sido efectuadas três detenções e identificados 13 suspeitos, adianta o mesmo comunicado.

Limpeza de terrenos

Nesta fase, os militares encontram-se no terreno a percorrer as faixas de gestão de combustível das freguesias prioritárias, com o objectivo de se proceder à sinalização e georreferenciação dos terrenos rurais que pela sua localização apresentem potencial risco de incêndio, promovendo em simultâneo, acções de informação e sensibilização junto dos proprietários, para que realizem voluntariamente a limpeza dos terrenos até 30 de Abril de 2024, evitando que, após o dia 1 de Maio de 2024, possam encontrar-se em incumprimento.

Esta fase da operação tem como objectivo principal a prevenção com acções de sensibilização dirigidas aos cidadãos e entidades, com vista à alteração de comportamentos e à adopção das melhores práticas de segurança individual e colectiva. O esforço principal está a ser desenvolvido para despertar consciências para a importância da adopção de medidas de autoprotecção e para a redução do risco de ocorrência de incêndios, realça a GNR.

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos