img

6 perguntas frequentes sobre os cuidados com a relva

/
/
/

Recebo várias questões sobre quais os cuidados a ter com a relva. Neste artigo, reuni as mais frequentes, esperando que consigam esclarecer as suas principais dúvidas.

Conheça as perguntas mais frequentes sobre os cuidados com os relvados.

1- É necessário regar a relva todos os dias?

cuidados com a relvaNão. A Rega é fundamental para a sanidade do seu relvado uma vez que lhes fornece a água necessária para que esta possa crescer forte e saudável.

No entanto, a rega em excesso (todos os dias ou quase todos os dias) irá contribuir para dissipar os nutrientes presentes no solo. Por outro lado, ao manter o seu relvado molhado por um período de tempo maior irá aumentar a sua suscetibilidade ao aparecimento de doenças e pragas.

Aconselho por isso a conhecer em profundidade o tipo de solo que possui e daí tirar conclusões sobre qual a frequência da rega que deve adotar.

Se o seu solo for rico em matéria orgânica não necessitará de uma rega tão frequente como se este for arenoso.

No primeiro tipo de solo será apenas necessário regar 3 vezes por semana e no segundo caso 4 a 5 vezes por semana – sendo que esta informação é meramente uma aproximação visto que, é a estação do ano (número de horas de luz e a temperatura ambiente) que influencia diretamente a necessidade de dotação de água.

Nunca se esqueça que a poupança de água deve ser uma prioridade, tendo por isso em atenção o número de regas e o momento do dia em que as efetua.

2-Qual a profundidade do corte que devo fazer na minha relva?

cuidados com a relvaExiste uma ideia pré-concebida para muitas pessoas que diz que a relva mais bonita e saudável é aquela que é cortada rente ao solo, mas tal não acontece.

Caso corte a relva demasiadamente rente ao solo vai provocar tensão excessiva sobre a mesma, facto que deve evitar ao máximo.

Considera-se geralmente que altura ideal da relva deve estar entre os 7 e 8 cm, devendo esta ser aparada frequentemente.

3-Como posso manter a minha relva verde e saudável por mais tempo?

A saúde e beleza visual da relva dependem essencialmente da qualidade da terra nomeadamente em termos de estrutura e de textura.

Deve garantir por isso que a terra do seu relvado esteja saudável para permitir facilmente a absorção de água e nutrientes pelas raízes.

Uma das melhores dicas que posso dar é utilizar um substrato apropriado para relvados, quer para a instalação, manutenção ou renovação dos mesmos.

Uma das melhores opções existentes no mercado para o efeito é o SIRO RELVA, de textura especialmente fina e enriquecida com adubo de libertação controlada e lenta até 3 meses – detém todos os nutrientes que o seu relvado necessita. Para além disso, permite criar todas as condições ótimas à germinação de sementes de relva e revitaliza os relvados desgastados.

Saiba mais sobre este substrato aqui.

4-O que devo fazer aos restos de relva cortada?

Normalmente, as pessoas acabam por colocá-la em sacos de lixo e deitá-la fora.

No entanto, pode-lhe dar uma segunda vida utilizando-a na sua pilha de compostagem, que será bastante vantajosa para as suas plantas que recebam este composto.

5- Quando devo adubar o relvado?

Adubar o seu relvado é uma importante forma de manutenção do seu jardim. Para crescer saudável e resistente às principais doenças, a sua relva precisa de ser adubada com alguma regularidade.

Alguns momentos-chave:

  • -Antes da sementeira da relva;
  • -Antes da colocação dos tapetes e três semanas após;
  • -1 ou 2 dias após um corte;
  • -Nas épocas de maior crescimento, Primavera e Outono;
  • -Nos períodos de maior stress, fertilizantes enriquecidos em Fósforo.

6- Como devo fazer para fazer uma gestão da rega do meu relvado de forma mais eficiente?

Para fazer uma maior poupança de água, é necessário conhecer as necessidades hídricas das plantas uma vez que estas respondem de forma distinta conforme as mesmas.  Para fazer uma rega mais eficiente, deve escolher um bom sistema de rega adaptado às suas plantas e à situação do seu relvado. A rega por aspersão é uma forma fácil e usada para regar o relvado.

Se possível e caso a dimensão do seu relvado se justifique, aconselho a equipar o seu sistema de rega com um programador ligado a um sensor de humidade que permita analisar as necessidades reais do solo.

Por último e não menos importante, aproveite a água da chuva através de depósitos pluviais para fazer a maior poupança possível. Relativamente ao período do dia em que deve fazer a rega do seu relvado, o início da manhã é a altura. Dessa forma, a relva terá o dia inteiro para secar e a água não vai evaporar imediatamente, que é o que se pretende.

Poderá também regar à noite – madrugada, mas deve ter em consideração a quantidade de água utilizada para evitar ao máximo criar um ambiente húmido e perfeito para a propagação de fungos.

Gostaram deste artigo? Estas respostas conseguiram também esclarecer as vossas dúvidas? Quais os principais cuidados que têm com a vossa relva?

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar