Plantas de varanda e interior: exigências de temperatura (Parte II)

Plantas de varanda e interior: exigências de temperatura

O Verão proporciona boas condições à maioria das plantas de interior e varanda.

Os primeiros problemas com algumas plantas de interior surgem quando os dias se tornam mais curtos e se começa a usar o aquecimento dentro de casa.

As plantas são sensíveis às temperaturas demasiado altas para a pouca quantidade de luz existente e a situação é agravada ainda pela pouca humidade atmosférica em quartos aquecidos.

As plantas, então, entram num estado de repouso, durante o qual tanto a temperatura como a quantidade de luz deverão baixar.

Por isso, coloque as plantas num local mais fresco, devendo regá-las e adubá-las em menor quantidade.

As plantas sensíveis à geada e em vasos de maiores dimensões ou as plantas de interior que, durante o Verão, ficam na varanda devem ser retiradas antes da chegada da geada.

As plantas de interior  deverão primeiro ficar uma divisão mais fresca antes de irem para a sala-de-estar, onde o aquecimento faz subir a temperatura.

plantas de interior com flor
As plantas de interior são elementos essenciais para embelezar qualquer divisão da sua casa

Plantas de interior: Onde colocar as plantas no Inverno

A maioria das plantas de interior prefere, nesta época do ano, temperaturas entre as 10 e 16ºC,mas para muitas plantas já é problemático quando as temperaturas à noite baixam significativamente. As plantas sobrevivem bem ao Inverno com temperaturas entre os 18 e 22ºC dentro de casa, se receberem bastante luz e a humidade atmosférica for suficiente.

A temperatura do solo deverá corresponder à temperatura ambiente. Nem a mais robusta das plantas conseguirá sobreviver se tiver os “pés frios” e, ainda para mais, se o substrato for demasiado húmido.

As plantas sensíveis à geada que crescem em  vasos maiores podem passar o Inverno em divisões claras e frescas, em vãos de escada ou em jardins de Inverno e algumas espécies poderão até ficar em caves escuras.

A regra geral é a seguinte: quanto mais quente for uma divisão mais clara ela terá de ser e quanto mais fresco for o local mais escuro poderá ser. Nestes casos, no entanto, deverá regar pouco. Se as plantas ficarem num ambiente quente durante muito tempo, tonar-se-ão mais susceptíveis  a doenças.

plantas de interior que precisam de pouca luz

 

Variações de temperatura: o que fazer em cada situação

Quando está muito frio para a planta:

  • Ela deixa de crescer e as folhas amarelecem.
  • As folhas ficam moles e pendentes, sobretudo se a área das raízes estiver fria.

o que se deve fazer nestas situações:

Aumente a temperatura ou muda a planta de lugar

 

Quando está muito calor para a planta:

  • As poucas flores murcham rapidamente ou são expulsas; os botões caem prematuramente(o que é frequente com pouca humidade atmosférica, falta de luz e/ou de nutrientes).
  • As plantas podem murchar e morrer.
  • As folhas tornam-se amarelas.

o que se deve fazer nestas situações:

  • Baixe a temperatura ou mude de planta de lugar. As plantas conseguem, em geral, suportar mais calor sehouver uma maior intensidade da luz, mas tenha em consideração que muitas plantas passam por um período de dencanso no Inverno.

 

No caso de oscilações de temperatura ou corrente de ar:

  • As folhas amarelecem, atrofiam-se ou caem: as pontas das folhas tornam-se acasatanhadas.
  • Toda a planta começa a adoecer.

 

Plantas de interior: Como criar um bom ambiente para as suas plantas

Ar puro sim, corrente de ar NÃO

As plantas gostam de ar puro, mas, se  estiverem numa corrente de ar, as suas folhas libertam mais água que o normal. Plantas com folhas grossas e carnudas, como as da árvore-da-borracha, são mais sensíveis  do que as plantas com folhas mais finas como a avenca.

plantas de interior como tratar
Árvore-da-borracha ou Ficus elastica (Fonte da imagem:A Febre das Plantas – Plantas de Interior).                                                  A Ficus elastica adapta-se muito bem à temperatura da nossa casa, embora seja uma planta que aprecia mais o calor do que frio. Quanto à luminosidade, este tipo de  plantas têm uma boa capacidade para se adaptarem a locais com muita sombra.  Deve procurar colocar a sua árvore-da-borracha  num local com boa luminosidade mas que esteja livre de receber sol de forma muito intensa. Colocar a planta perto de uma janela onde receba luz solar apenas durante a manhã, poderá ser  talvez a localização ideal. A presença de manchas escuras nas folhas, indicia muitas vezes que a sua plantaestá a receber demasiada luz do sol, esteja atento a todos os sinais.
plantas de interior como tratar
Avenca (Fonte da imagem:http://mundodasplantasnet.blogspot.com)    As avencas caracterizam-se por tolerarem baixas luminosidades, no entanto, tendem a ficar com as folhas mais abertas e arejadas. De uma forma geral, crescem melhor em ambientes com temperaturas médias a altas. Necessitam de humidades relativas do ar altas. A planta não tolera bem baixas temperaturas. Para aumentar a humidade do ar, pode colocar um prato com cascalho húmido sob a planta. Deve manter a terra húmida, mas não encharcada. Nos meses mais frios, deve deixe o solo secar ligeiramente antes de repetir a regar. É importante que o substrato possua uma boa drenagem.

 

Plantas de interior: arejamento das divisões da sua casa é essencial

Ao arejar a divisão, procure que as suas plantas não fiquem na corrente de ar ou então coloque-as num sítio protegido enquanto a divisão areja. No Inverno pode ainda acontecer que as plantas sejam danificadas pela geada, sobertudo se estiverem perto das janelas mal isoladas. Algumas plantas de interior não suportam de todo serem colocadas directamente sobre o ar do aquecimento. As plantas que não necessitam de muito calor são as mais adequadas para locais ventosos ao ar livre. Nestas condições secam muito e, por essa razão, não deverão ser colocadas em tais locais nem plantas com elevadas necessidades de água, nem plantas com folhas grandes e finas.

plantas de interior que precisam de pouca luz

Se quiser saber como a luminosidade pode influenciar o crescimento e desenvolvimento das plantas de interior veja o meu artigo sobre o assunto aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *