AgriculturaProdução agrícola e técnicasSemear e plantar

Como cultivar pimentos: conheça os cuidados que deve ter em conta

Adoro pimentos! Agora que está a chegar o Verão, começo já a sonhar com uma sardinhada ou churrasco acompanhados de uma salada de pimentos! Também gostam? O pimento pertence à família das Solanáceas e ao género Capsicum. Dentro deste género existem 25 espécies atualmente das quais 5 estão domesticadas. Neste artigo, vamos focar-nos na espécie C. annum que corresponde aos pimentos doces que consumimos. Quer saber como cultivar pimentos? Neste artigo vou dar-lhe a conhecer os principais cuidados que deve ter em conta.

como cultivar pimentos

Conheça alguns factos sobre a cultura do pimento

As espécies do género Capsicum são originárias das regiões tropicais e temperadas do continente americano. Cultivada à melhores de anos, a espécie C.annuum começou a ser introduzida em outros continentes como o asiático, europeu e até no continente africano. Hoje em dia, o pimento é um das culturas mais consumidas e apreciadas pelos consumidores.

Os pimentos podem ser consumidos frescos ou cozinhados, essencialmente. No entanto, pode também ser utilizado como um condimento e até como matéria prima utilizada para extrair corantes alimentares. Certamente já experimentaram as conhecidas “massas de pimentão” ou colorau, estou certa? 🙂

Em regiões como a nossa (caracterizada por um clima temperado), os pimentos doces dominam as preferências dos consumidores. Em regiões caracterizadas por climas mais quentes, a preferência por pimentos pungentes/picantes predomina.

Nutricionalmente, os pimentos são muito ricos em vitaminas com C, B, A e E além de possuírem propriedades antioxidantes. No caso dos pimentos mais picantes possuem ainda na sua composição uma substância chamada capsaícina que é responsável por essa pungência característica. Os pimentos estimulam também a circulação sanguínea e a secreção de saliva e sucos gástricos, por exemplo.

No que diz respeito à produção de pimentos o continente asiático acaba por se destacar, sendo responsável por mais de metade da produção mundial desta cultura. No continente europeu países como Espanha, Itália e Holanda possuem as produções mais significativas. Em Portugal, a maior área cultivada localiza-se no Ribatejo e Oeste.

Plantação de pimentos como cultivar pimentos

Como cultivar pimentos: conheça a morfologia da planta

A planta do pimento é hérbacea e é cultivada como anual em zonas com climas temperados. A sua raiz caracteriza-se por ser aprumada e o seu crescimento é do tipo indeterminado ( continua a crescer vegetativamente mesmo após atingir a floração).

As suas flores são hermafroditas(capazes de produzir tanto gâmetas masculinos quanto femininos) e a polinização é maioritariamente autogâmica (autopolinização).

Os seus frutos são ocos pela razão de o pericarpo crescer mais mais rápido do que a placenta.

As sementes são muito semelhantes a outras sementes de outras culturas pertencem à família das solanáceas, caracterizando-se por ser achatadas e com forma oval.

As cultivares que pertencem à espécie C.annuum podem dividir-se em dois grupos: Grossum e Longum.

No grupo Grossum estão incluídas o pimento, pimentão e paprica. Já no grupo Longum estão incluídas as malaguetas.

Como ocorre o desenvolvimento vegetativo e reprodutivo do pimento?

No que diz respeito ao ciclo cultural do pimento, é importante que tenhamos em conta que este em duas partes essenciais. A fase vegetativa que incluí a germinação, emergência e o crescimento vegetativo.

A fase reprodutiva incluí as etapas de floração, vingamento e maturação dos frutos.

Para cultivar pimentos corretamente e de forma a obter bons resultados produtivos é importante que garanta algumas condições essenciais: temperaturas entre os 21 a 25ºC (sendo a temperatura ótima os 25ºC), solos bem drenados, pH do solo entre 5,5 e 7,5 e boa exposição solar.

Abaixo, falarei das exigências edáfoclimáticas com um maior detalhe.

Exigências climáticas

O pimento caracteriza-se por ser uma cultura megatérmica ou seja, necessita de temperaturas relativamente altas para que consiga desenvolve-se corretamente. Revela-se também sensível a temperaturas demasiado baixas e situações como geadas, sendo estas muito prejudiciais para o seu desenvolvimento.

Por outro lado, temperaturas demasiado altas (acima dos 35ºC) podem ocasionar a queda das flores precocemente além de que provocam uma diminuição do tamanho dos frutos obtidos. Nestes casos, pode ser vantajoso usar uma rede de ensombramento, por exemplo.

Preferências edáficas

No que diz respeito ao tipo de solos que esta cultura prefere, o pimento não é muito exigente. No entanto, a cultura do pimento prefere solos com texturas arenosas ou francas, com uma boa profundidade e capacidade de drenagem.

Pelo contrário, não se deve cultivar pimentos em solos argilosos pois apresentam tendência a aquecerem rapidamente.

Evite também solos com encharcados/com excesso de água pois pode ser prejudicial para a cultura. No que diz respeito ao teor em sais, o pimento apresenta sensibilidade moderada. O pH mais favorável/ótimo para o desenvolvimento desta cultura situa-se entre os 6 e 7 adaptando-se igualmente bem a solos com pH entre 5,5 e 7,5 ( apresenta uma tolerância à acidez moderada).

como cultivar pimentos

Saiba como instalar a cultura do pimento

Um dos principais aspectos que deve ter em conta quando efetuar a instalação desta cultura é que caso opte pela sementeira, a sua germinação é lenta e a sua taxa de crescimento inicial muito reduzida. Por essa razão, a sementeira directa só deve ser utilizada quando a temperatura do solo se encontrar acima dos 18ºC.

Pelos motivos acima mencionados, opta-se na maioria dos casos pela sementeira de pimentos em tabuleiro e transplantação das plântulas para local definitivo quando estas já apresentarem um tamanho adequado ( pode optar por comprar estas plântulas em viveiro).

A preparação do solo para a instalação da cultura não deve ser descurada, sendo necessário fazer uma mobilização mais profunda. Em muitos casos, é feita a armação do terreno com camalhões para facilitar a drenagem e o aquecimento.

Recomendo a utilização de cobertura do solo para ajudar no combate de plantas infestantes e aumentar a eficiência do uso de água.

No nosso país, inicia-se a plantação do pimento de inícios de Abril a finais de Maio. Adota-se um compasso de plantação normalmente de 35/40 cm na entrelinha e 40 cm entre plantas na linha. Tenha também em conta que o seu ciclo biológico pode ser anual e durará entre 170 e 240 dias.

como cultivar pimentos

No que toca às necessidades nutricionais, a cultura do pimento é sensível a carências de cálcio e de magnésio.

Dado como abordei anteriormente, a taxa de crescimento inicial é bastante lenta e por essa razão as suas exigências nutricionais são também reduzidas ( poderá apenas ser necessário aplicar azoto). Na fase de vingamento e maturação dos frutos as exigências nutricionais são maiores, especialmente de azoto, potássio e fósforo.

No que diz respeito às necessidades hídricas, o pimento não se adapta bem a situações extremas deste parâmetro, revelando-se sensível tanto ao excesso como ao défice de água. O excesso de água pode ser extremamente prejudicial e provocar o desenvolvimento de doenças a nível radicular. Evite regas excessivas especificamente em fases como a floração pois pode levar a que as suas flores abortem. Se possível, opte pelo metódo de rega gota-a-gota.

Quanto a pragas e doenças, o pimento é especialmente atacado por pragas como ácaros, afídeos, alfinete, escaravelho, mosca branca, lagartas, etc. As doenças que causam mais estragos são as murchidões causadas por fungos e o oídio.

Não se esqueça também de proceder à poda dos pimenteiros. Elimine por isso os rebentos axilares até à cruzeta e quando a canópia estiver bem formada, remova as folhas no caule abaixo da cruzeta de forma a facilitar o arejamento.

Colheita

Dependendo de alguns factores, pode começar a colher os seus pimentos de junho a outubro, quando o fruto já apresenta mais de 50% da superfície com a cor final.

Numa produção mais profissional, há quem aplique etefão para promover o amadurecimento e coloração dos pimentos a serem colhidos.

Tenha também em consideração que acidentes fisiológicos como escaldões, necroses apicais e fendilhamento dos frutos podem prejudicar bastante o aproveitamento dos frutos colhidos.

como cultivar pimentos

Agora que já sabe como cultivar pimentos, conte-me nos comentários quais as suas variedades favoritas:)

Artigos Relacionados

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo