img

7 excelentes adubos naturais para a sua horta que vai querer utilizar

/
/
/

Adubos naturais: conheça bons exemplos de adubos

Os agricultores/horticultores tem ao seu dispor uma grande variedade de adubos naturais. Grande parte deles são gratuitos, caso não levemos em consideração o tempo despendido na sua preparação e transporte.

Outros adubos naturais são muito baratos, e alguns ainda, geralmente os que se vendem em sacos podem ser bastante dispendiosos. Infelizmente, nem todas as pessoas tem a possibilidade de ter um estábulo nas redondezas ou dispõe de espaço suficiente para armazenar grandes quantidades de material. Nestes casos, os agricultores necessitam de grandes quantidades de material, e por isso necessitarão de comprar o produto à medida que for sendo necessário. Conheça neste artigo 7 exemplos de bons adubos naturais que pode usar na sua horta.

1 . Estrume do curral

Este é um dos adubos naturais mais utilizados. O estrume do curral possui a vantagem de fazer crescer a terra, além de fornecer ao mesmo nutrientes essenciais. O estrume pode ser de qualquer tipo de gado, embora aquele que exista em maior quantidade seja o estrume de cavalo. O estrume pode ser obtido na maioria dos estábulos e muitos ficam satisfeitos por se verem livres daquilo que lhe fornecerão de graça, desde que se encarregue de o ir lá buscar.

Alguns agricultores não gostam do estrume quando ele é misturado com aparas de madeira em vez de palha. No entanto, vale a pena ter em mente que o primeiro é mais isento de ervas daninhas, e uma vez bem curtido e empilhado, revela-se excelente não só para misturar na terra como para fazer a adubação à superfície.

É importante salientar que todos os tipos de estrume devem ser empilhados pelo menos, seis meses antes de serem usados.  Quando estiver pronto, deve perder o seu cheiro nauseabundo.

Esterco, Espaço Porcaria, Porcaria, Agricultura
Nota: o estrume de curral deve ser deixado em pilha num monte até ter perdido o cheiro e terminar a decomposição.

2. Composto da horta

Todos os agricultores e horticultores deviam experimentar reciclar a maior quantidade de desperdícios da sua própria horta e cozinha. Essencialmente, trata-se apenas, de seguir o exemplo da natureza, em que as folhas e os caules se formam na Primavera e morrem no Outono, caindo no chão e, finalmente apodrecendo para voltarem de novo a entrar nas plantas enquanto nutrientes.

Na horta, alguns elementos são retirados durante este ciclo, nomeadamente os legumes e frutos, mas mesmo assim, os restantes deveriam ser reciclados tanto quanto possível. Este tipo de composto não é difícil de se fazer e naturalmente, é absolutamente gratuito. Caso tenha disponibilidade de espaço, use vários caixotes para que haja sempre algum disponível. Excepto tenham sido utilizadas sementes de ervas daninhas ou plantas doentes, o composto é seguro para funcionar como condicionador da terra e como adubo.

adubos naturais

3. Húmus

O húmus é um adubo de terra natural. É fácil de fazer e não custa dinheiro. Use apenas húmus feito pelas suas próprias mãos; nunca apanhe nos campos, porque isso prejudica o equilíbrio das florestas e empobrece a terra.

Como fazer húmus?

Utilize quatro estacas enterradas no solo com um arame estendido à volta como um local perfeito para produzir húmus. Limite-se simplesmente a deixar lá para dentro as folhas, à medida que elas forem caindo das árvores. Pode demorar até dois anos até que se decomponham e, quando o processo tiver concluído, o que inicialmente parecia um monte enorme ficará reduzido a uma pequena camada. Adicione húmus à terra ou use-o para adubar à superfície. Geralmente é ácido e pode ser utilizado para reduzir a alcalinidade do solo. O húmus das agulhas de pinheiro é particularmente ácido.

adubos naturais

4. Turfa

É cara e pouco proveito traz à terra porque se desintegra com demasiada rapidez e tem fraco teor nutritivo. O seu uso também é desaconselhável sob o ponto de vista ecológico.

5 . Composto de cogumelos

Está frequentemente disponível ao nível local por causa das quintas de produção de cogumelos. Este composto é relativamente barato, especialmente se for comprado em grandes quantidades.

É sobertudo, usado nas zonas ornamentais do jardim, mas também tem utilidade na horta, se for bem curtido. É particularmente útil em solos ácidos porque contém calcário.

6. Desperdício industrial vegetal

Várias industrias produzem desperdícios orgânicos que podem ser úteis na jardinagem. Os desperdícios de lúpulo utilizado na indústria de alimentos preparados foram desde sempre os favoritos para quem consegue obtê-los. Agora, importa-se cascas de coco, que são muito bons como adubo de terra. Há vários produtos disponíveis em toda a parte. Deixe-os curtir bem antes de os utilizar.

Lúpulo, Planta, Saltos Flor, Natureza

7. Adubo verde

Algumas colheitas podem ser produzidas simplesmente para voltarem a serem cavadas, a fim de melhorar a condição e estrutura de um terreno. São particularmente úteis em solos leves que foram deixados vazios por um temporada, por exemplo, no Inverno. O adubo verde pode ser semeado no inicio do Outono, para ser cavado na Primavera. Em alternativa, se plantar espécies de crescimento rápido, pode usá-las sempre que a terra fique disponível para o efeito, durante a estação de crescimento.

Nota: evite deixar o adubo verde florir e criar sementes, senão regenerar-se-á por si próprio. A maioria da folhagem e caules pode ser usada no caixote de composto.

Algumas das culturas que podem ser usadas como adubo verde:

  • favas;
  • azevém;
  • tremoços;
  • mostarda;
  • trevo;
  • Joio de Inverno;

Gostou destes exemplos? Já usa algum destes adubos naturais na sua horta? Conte-me tudo nos comentários:)

Nota: este artigo foi adaptado do Manual Prático de Horticultura de Richard Bird

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar