A calêndula na horta: tudo o que deve saber sobre os benefícios desta planta

0
523
calêndula na horta

Certamente já ouviu/viu/plantou calêndulas na horta.  O seu nome científico é Calendula officinalis e caracteriza-se por ser uma planta  herbácea anual que se adapta muito bem a diferentes ambientes. Por ser uma planta rústica, acaba por se adaptar a um leque grande de condições, tanto climas mais frescos como climas mais temperados.  Com origem no sul do continente europeu e  bacia do Mediterrâneo, as calêndulas marcam presença assídua nas hortas um pouco por todo o mundo.  Neste novo artigo, partilho consigo algumas das principais características desta planta, seus benefícios e como tirar o melhor partido das calêndulas para uma agricultura mais sustentável.

Saiba mais sobre as calêndulas

Tal como o girassol, a calêndula faz parte da família botânica Asteraceae e é também conhecida vulgarmente como maravilha. A calêndula pode também ser utilizada para fins medicinais especialmente na indústria farmacêutica ou simplesmente para tratar ferimentos. Esta planta pode ser utilizada também em medicamentos orais especialmente indicados para períodos pós-operatórios  e/ou problemas uterinos, cólicas menstruais, problemas hepáticos e gástricos. No entanto, qualquer ingestão em excesso  deste tipo de plantas nas suas diferentes aplicações pode causar efeitos prejudiciais. Na cosmética, também alguns dos seus princípios ativos são usados em produtos cosméticos para pele e cabelo, por exemplo. A calêndula possuí um pigmento que dá cor alaranjada às suas pétalas, a calendulina, que é responsável por ajudar a regenerar e cicatrizar danos na pele, entre outros. Saiba mais sobre os benefícios medicionais da calêndula aqui.

As Calêndulas na horta: como cultivar

As calêndulas são caracterizadas por serem plantas de dias longos, isto significa que dependem de um  número de horas de luz  superior ao seu  fotoperíodo crítico.  Entram em floração no verão e pelo anteriormente citado, necessitam de pelo menos 7 horas de luz por dia para entrarem em floração.

As suas bonitas flores são caracterizadas por serem  inflorescências simples ou dobradas e que podem apresentar tonalidades que oscilam desde o amarelo e o alaranjado. Além da sua beleza característica, as suas flores podem ainda ser ingeridas pois são comestíveis. Na horta a calêndula é também considerada uma planta repelente de pragas de insectos pelo que marca presença habitual nestes locais para garantir uma agricultura mais amiga do ambiente.

Atenção: há quem confunda a calêndula com as tagetes, mas saiba que são muito diferentes (tanto em termos visuais como das suas propriedades).

calêndula na horta

Há quem ainda utilize as calêndulas como planta oramental por ser uma planta com flor muito vistosa. Neste artigo, destacarei as funções da calêndula na horta.

Principais benefícios da calêndulas na horta

1- Utilização das calêndulas em consociações

 A consociação de culturas consiste no cultivo em simultâneo de duas ou mais culturas no mesmo espaço. Para que o estabelecimento destas consociações tenha sucesso, devemos considerar factores como a família botânica à qual estas culturas pertencem, características essenciais do seu ciclo de cultivo, as épocas de cultivo, as necessidades de luz, rega, temperatura, necessidades nutricionais, altura das plantas, profundidade que as raízes atingem, entre outros fatores.

Um dos principais objetivos da consociação de culturas é minimizar o aparecimento de pragas e doenças nas plantas. De facto, quando consociamos culturas de famílias botânicas diferentes estas apresentam menor probabilidade de serem atacadas por pragas e doenças. Torna-se portanto uma estratégia mais sustentável para tornar as culturas mais resistentes a problemas fitossanitários.

Neste sentido, as calêndulas na horta é especialmente cultivada consociada com culturas como os morangos, feijão, tomate, batata e alho-francês. A consociação da calêndula com o alfo-francês ajuda a repelir a mosca do alho francês.

2- Utilização das calêndulas como repelente de pragas  e outros problemas

Há cada vez mais uma procura por soluções naturais para controlar pragas. A calêndula na horta funciona como uma planta repelente de pragas como mosca branca,  pragas na couve, nemátodos do solo e escaravelho do espargo. Conheça mais sobre as plantas repelentes que pode usar na horta aqui.

calêndula na horta como usar

3- Utilização da calêndula na horta para atrair polinizadores e insectos benéficos

A calêndula na horta é responsável por atrair vários insectos benéficos como  polinizadores tais como abelhas, mas também atrai crisopas, joaninhas e sirfídeos que se alimentam de pulgões. A calêndula é ainda responsável por atrair percevejos que se caracterizam por serem predadores de ácaros, por exemplo.

4- Usos medicinais

As calêndulas também têm propriedades medicinais e podem ser utilizadas para tratar uma variedade de condições de saúde, como inflamações e feridas.

5- Confere cor ao seu jardim/horta

As flores coloridas das calêndulas podem ser usadas para adicionar cor e beleza a sua horta.

calêndula na horta

Dicas para cultivar calêndulas na horta

As calêndulas são plantas perenes que podem ser cultivadas tanto em ambientes interiores como exteriores. Estas plantas são conhecidas por serem fáceis de cultivar e por terem flores bastante coloridas e vistosas.

Abaixo, partilho algumas dicas para cultivar calêndulas na horta.

  1. Escolha o local correto para instalar as suas calêndulas: estas plantas têm preferência por  solos ricos e bem drenados e gostam de locais bem iluminados preferencialmente pleno sol ou luz parcial. Garanta que escolhe um local com estas características para plantar suas  as calêndulas na horta e/ou jardim.
  2. Semeie ou transplante: as calêndulas podem ser cultivadas tanto a partir de sementeira como através de plântulas. Caso tenha sementes desta flor, aconselho a fazer a sementeira num local abrigado (se possível em tabuleiro) e transplantar as suas plântulas  cerca de 6-8 semanas para local definitivo.
  3. Não se esqueça de regar: as calêndulas necessitam de uma boa quantidade de água para que cresçam e floresçam corretamente. Especialmente em dias quentes e secos não descure esta tarefa.
  4. Garanta um bom nível de nutrientes: As calêndulas são plantas de pouco exigentes em termos nutricionais, no entanto,  necessitam de uma fertilização regular para crescer e florescer bem. Dê primazia a fertilizantes orgânicos, como estrume ou húmus de minhoca, de forma a  fornecer nutrientes às suas plantas.
  5. Poda regularmente: As calêndulas precisam de ser podadas regularmente para estimular novos rebentos e flores. Para tal, remova as flores murchas e as folhas danificadas para garantir que as  suas plantas se mantêm saudáveis ​​e com a floração assegurada
  6. Proteja das pragas e doenças: As calêndulas são geralmente resistentes a pragas e doenças, mas é importante vigiar as suas plantas regularmente para detectar qualquer sinal de problema precocemente. Caso verifique  sintomas de pragas ou doenças, opte por métodos de controlo biológico. Trabalhe para atrair insectos auxiliares e use predadores naturais para controlar pragas e doenças. Fazer rotação de culturas ajuda bastante a ter os solos mais saudáveis e com menor probabilidade de aparecimento de pragas e doenças.

 

calêndula na horta

Também tem calêndulas na sua horta?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.