Domingo, Março 3, 2024

Prémio de Melhor Jovem Agricultor Europeu entregue a 6 de Dezembro. Inês Marques Lopes representa Portugal

Fonte do artigo: Agricultura e Mar

O Prémio de “Melhor Jovem Agricultor Europeu”, disputado entre os projectos vencedores dos Concursos Nacionais realizados anteriormente em cada Estado-membro participante, vai ser entregue no próximo dia 6 de Dezembro, durante a 9ª edição do Congresso Europeu de Jovens Agricultores que se realiza em Bruxelas.

Os diversos candidatos apresentam os seus projectos e concorrem a prémios nas seguintes categorias: Melhor projecto digital; Projecto mais resiliente; Melhor projecto de melhoria das zonas rurais. Os vencedores recebem 15 mil euros.

Portugal será representado pela jovem engenheira agronómica Inês Marques Lopes que venceu o concurso nacional em Setembro com o projecto PTáchio, uma criação alentejana que junta porcos e pistácios, sustentabilidade, emprego e investimento e dinamismo local.

Desenvolvido na zona de Arraiolos, o projecto PTáchio envolve a produção de pistácio e porco preto numa extensão de 114 hectares, e permitiu a criação de 3 postos de trabalho permanentes e 10 temporários, tendo um forte enfoque tecnológico e nas boas práticas agrícolas.

Congresso Europeu de Jovens Agricultores

“Jovens Agricultores: Guardiões da tradição e motores da inovação” é o tema da 9ª edição do Congresso Europeu de Jovens Agricultores que se realiza a 6 de Dezembro em Bruxelas. Mais de 300 participantes são esperados no regresso ao Parlamento Europeu.

O Congresso é uma iniciativa anual, co-organizada desde 2012 pela CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal e a espanhola ASAJA — Associação Agrária de Jovens Agricultores, com eurodeputados do Partido Popular Europeu (PPE).

Nesta 9ª edição, as duas entidades agrícolas ibéricas partilham a organização do evento com os seguintes quatro eurodeputados: Nuno Melo (eurodeputado português eleito pelo CDS), Herbert Dorfmann (Itália), Juan Ignacio Zoido Álvarez (Espanha) e Michaela Šojdrová (Repúblicas Checa).

Os organizadores do Congresso contam também com outros parlamentares europeus, uma vez que todos os membros do PPE são convidados a acompanhar e promover os jovens agricultores do seu país, num cargo a que chamam de “embaixador MEP”, refere a CAP em nota de imprensa

Neste momento já estão confirmados “embaixadores” de 21 Estados-membros: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chéquia, Chipre, Croácia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, e Roménia, o que confirma a importância desta iniciativa para quase todos os 27 países da União Europeia.

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos