Porque as alfaces espigam e como evitar

As alfaces são uma das culturas hortícolas mais populares, apreciadas pelo seu sabor fresco e crocante e pelas suas qualidades nutritivas. No entanto, para os agricultores e jardineiros, a ocorrência do “espigamento” nas alfaces pode ser uma fonte de frustração e prejuízo. O espigamento das alfaces refere-se ao processo em que as plantas de alface começam a produzir uma haste floral central e, eventualmente, entram em floração.  Neste artigo, vamos explorar porque as alfaces espigam e oferecer estratégias para os agricultores evitarem este problema. Curioso(a)?

como evitar que as alfaces espiguem
alface espigada

O que deve saber sobre a cultura da alface

As alfaces são plantas anuais, pertencentes à família das Asteráceas, cultivadas principalmente pelas suas folhas verdes comestíveis.

Uma das características marcantes da alface é a sua rapidez de crescimento, ou seja, possuem um ciclo curto. Dependendo da variedade, o ciclo de cultivo pode variar de algumas semanas a alguns meses. Isto a torna uma opção atrativa para agricultores que desejam colheitas rápidas e frequentes.

As alfaces são cultivadas numa variedade de climas e solos, embora prefiram solos bem drenados e ricos em matéria orgânica. As alfaces também beneficiam-se de uma boa exposição solar, embora algumas variedades possam tolerar sombra parcial.

Existem diversas variedades de alface, cada uma com características únicas de sabor, textura e cor. As variedades mais comuns incluem alface crespa, alface lisa, alface americana e alface romana. A escolha da variedade depende das preferências do consumidor, das condições de cultivo e do uso final.

cultura da alface

O cultivo da alface requer cuidados específicos, incluindo rega regular para manter o solo húmido, controlo de pragas e doenças e maneio adequado do espaçamento entre as plantas para evitar competição por recursos. O uso de técnicas de cultivo sustentável, como o cultivo biológico e a rotação de culturas, também é comum na produção de alfaces.

Além do cultivo em grande escala, as alfaces também são populares em hortas domésticas e jardins urbanos devido à sua facilidade de cultivo em pequenos espaços e à sua rápida taxa de crescimento.

Porque as alfaces espigam? um problema muito comum

O espigamento das alfaces é um problema muito comum que frequentemente afeta agricultores, comprometendo a qualidade e o rendimento da cultura. Este fenómeno ocorre quando a alface começa a produzir uma haste floral e eventualmente floresce, tornando-se amarga e fibrosa, o que compromete a sua textura e sabor.

Existem várias razões para justificar porque as alfaces espigam delas é a exposição a condições climáticas adversas, como temperaturas muito altas, que podem desencadear o processo de floração precoce. Além disso, o stress hídrico, causado pela falta de água ou rega irregular, pode contribuir para o espigamento.

Outro fator importante é o espaçamento inadequado entre as plantas. Quando as alfaces estão muito próximas umas das outras, competem por recursos como água, luz e nutrientes, o que pode estimular o crescimento vertical e o florescimento precoce.

A escolha da variedade de alface também pode influenciar a susceptibilidade ao espigamento. Algumas variedades são mais propensas a florescer precocemente do que outras, portanto, é importante selecionar aquelas que sejam mais adequadas às condições de cultivo específicas.

Para prevenir o espigamento das alfaces, é fundamental fornecer condições ideais de crescimento. Isto inclui manter um regime de rega regular e adequado, garantir um espaçamento adequado entre as plantas e escolher variedades resistentes ao stress e à floração precoce.

Além disso, monitorizar de perto as condições ambientais e intervir rapidamente diante de qualquer sinal de stress nas plantas pode ajudar a prevenir o espigamento.

porque as alfaces espigam

Como identificar que uma alface está a espigar?

1-Crescimento Vertical

 Quando a alface começa a crescer verticalmente, formando um caule longo e fino, é um sinal de que está a entrar num processo de espigamento.

2-Formação de Flores

O aparecimento de flores na extremidade do caule é um indicativo claro de que a alface está a espigar, direcionando sua energia para a produção de sementes.

3- Alteração no Sabor e Textura

 As folhas da alface que estão a espigar tendem a ficar mais amargas e a textura pode  tornar-se menos agradável para consumo, sendo um sinal adicional do espigamento.

4-Condições Ambientais

 O espigamento da alface pode ser desencadeado por condições ambientais inadequadas, como temperaturas muito elevadas e falta de água, portanto, é importante considerar esses fatores ao identificar o espigamento.

Resumindo…as alfaces espigam principalmente devido a fatores como:

  • Aumento da temperatura: Temperaturas muito elevadas, especialmente durante o verão, podem causar stress nas plantas e levar ao espigamento precoce
  • Falta de água: A insuficiência de água de rega durante os períodos quentes pode provocar o espigamento das alfaces.
  • Excesso de azoto: O excesso de adubação azotada também pode atrasar a formação do repolho e induzir o espigamento.

Observar atentamente o crescimento da alface, a presença de flores e possíveis mudanças no sabor e textura das folhas ajudará a identificar se a planta está a espigar, permitindo tomar medidas adequadas para evitar esse processo indesejado.

Quais as consequências quando as alfaces espigam?

O espigamento das alfaces ocorre quando a planta entra na fase reprodutiva, desenvolvendo uma haste floral central. Este fenómeno é desencadeado, geralmente, pela exposição a dias longos e temperaturas mais elevadas.

Algumas consequências do espigamento nas alfaces incluem a diminuição da qualidade e do valor nutricional das folhas, que se tornam mais amargas e rijas. Além disso, verifica-se uma estagnação no crescimento das folhas, uma vez que a energia da planta é direcionada para a produção da haste floral. Outra consequência é a redução do ciclo de cultivo, já que as alfaces espigadas não podem ser comercializadas.

Para evitar o espigamento precoce, podem ser adotadas algumas práticas, como a escolha de cultivares com maior tolerância ao espigamento e o cultivo em épocas do ano com dias mais curtos e temperaturas mais amenas. Manter a humidade do solo adequada e evitar o stress hídrico também é importante. Além disso, o corte das hastes florais assim que aparecem pode ajudar a prevenir o espigamento.

Alface espigada

Como evitar que as alfaces espiguem?

Para evitar que as alfaces espiguem, é fundamental adotar algumas práticas específicas. Durante o verão, é essencial aumentar a frequência de rega para evitar o espigamento.

A água de rega deve ser suficiente para manter a humidade do solo sem encharcar, pois o excesso de água pode levar ao espigamento.

Além disso, as alfaces preferem temperaturas entre 20°C e 30°C. Evitar temperaturas extremas é crucial para prevenir o espigamento precoce. Garantir uma exposição solar adequada e evitar dias muito quentes também ajuda a manter as folhas saudáveis.

O espaçamento entre as plantas e o tipo de cultivar escolhido também influenciam no espigamento. Escolher variedades resistentes ao espigamento e ajustar o espaçamento conforme o desenvolvimento das plantas pode ajudar a evitar esse problema. Por fim, é importante manter uma fertilização equilibrada, evitando o excesso de azoto, que pode atrasar a formação das cabeças de alface e aumentar a suscetibilidade a doenças, contribuindo para o espigamento.

como evitar que as alfaces espiguem
Horta com alfaces espigadas. Fonte da imagem: https://hortadefimdesemana.blogspot.com/2012/08/as-alfaces-espigaram.html

Para além das práticas já mencionadas, existem outras dicas úteis para evitar que as alfaces espiguem:

  1. Colheita Antecipada: Colher as alfaces cedo, quando continuam tenras e crocantes, pode ajudar a evitar que entrem na fase de espigamento. Monitorizar regularmente o crescimento das plantas e colhê-las assim que atingirem o tamanho desejado pode ser uma estratégia eficaz.
  2. Mulching: Aplicar uma camada de mulch orgânico ao redor das plantas pode ajudar a manter a humidade do solo e a regular a temperatura, criando condições menos propícias para o espigamento. Além disso, o mulch pode ajudar a suprimir o crescimento de ervas daninhas, reduzindo a competição por nutrientes.
  3. Rotação de Culturas: Fazer rotação de culturas regularmente pode ajudar a prevenir a acumulação  de doenças no solo e a manter a saúde das plantas. Evitar cultivar alfaces no mesmo local todos os anos pode reduzir o risco de espigamento e outras questões relacionadas com o solo.
  4. Proteção contra Pestes: As alfaces stressadas por pragas podem ser mais propensas ao espigamento. Implementar práticas de controlo de pragas adequadas, como o uso de armadilhas, repelentes naturais e rotação de culturas, pode ajudar a minimizar o stress das plantas e reduzir o risco de espigamento.
  5. Podas Regulares: Realizar podas regulares nas folhas exteriores das alfaces pode ajudar a promover o crescimento vegetativo e desencorajar o desenvolvimento de hastes florais. Remover qualquer sinal de espigamento assim que for observado também pode ajudar a evitar que se espalhe para outras plantas.

Ao combinar estas dicas com as práticas já mencionadas, os agricultores e jardineiros podem maximizar as suas chances de cultivar alfaces saudáveis e saborosas, evitando o espigamento prematuro.

Espero que tenha gostado de aprender mais sobre porque as afaces espigam neste artigo.

Também costuma ter frequentemente este problema?

More like this

como usar o estrume na horta

Como usar estrume na horta: dicas e cuidados

O estrume é um dos fertilizantes orgânicos mais antigos e eficazes na agricultura. No entanto, o seu...
como melhorar a fertilidade do solo

Saiba como melhorar a fertilidade do solo naturalmente

Melhorar a fertilidade do solo é uma das tarefas-chave para qualquer agricultor, seja ele iniciante ou experiente....
ervas aromáticas e medicinais

Dicas para o cultivo de ervas aromáticas e medicinais

O cultivo de ervas aromáticas e medicinais é uma prática antiga e extremamente benéfica, tanto pela sua...