img

Portugal é o 7º país da UE com maior percentagem de mulheres a gerir explorações agrícolas

/
/
/

Autora do artigo: Sara Sousa, Agroop

No que toca à agricultura, Portugal está abaixo da média da União Europeia (UE) em várias áreas: temos poucos agricultores jovens e com formação superior, por exemplo. Mas, segundo dados recentemente divulgados pelo Eurostat, quando falamos do papel das mulheres no setor, a imagem é mais favorável.

As estatísticas mostram que, em Portugal, a proporção de mulheres gestoras agrícolas em 2016 era de 30% – acima da média da UE de 28,5%.

O número tem vindo a aumentar na última década, mas lentamente: em 2005, 26,3% dos responsáveis por explorações agrícolas em toda a UE eram mulheres.

Em 2016, os países com maior proporção de gestoras agrícolas foram a Letónia e a Lituânia (45%), a Roménia (34%) e a Estónia (33%).

Nos últimos lugares ficaram a Holanda (5%), Malta (6%), a Dinamarca (8%) e a Alemanha (10%).

O gestor de exploração agrícola é definido pelo Eurostat como alguém que tem a responsabilidade de gerir a atividade produtiva e finanças de uma exploração. Muitas vezes, este papel é preenchido pelo proprietário da mesma.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar