O que pensam os portugueses da PAC e dos agricultores?

Autor do artigo: Sara Sousa, Agroop

61% dos portugueses acredita que a Política Agrícola Comum (PAC) beneficia todos os cidadãos e não apenas os agricultores, revela a Comissão Europeia numa sondagem comunitária sobre a PAC.

O barómetro consultou mais de 28,000 cidadãos europeus em 28 estados-membros, incluindo Portugal.

Uma das descobertas mais interessantes do estudo é a de que a maioria dos cidadãos portugueses acredita que a principal responsabilidade dos agricultores é “providenciar alimentos seguros, saudáveis e de boa qualidade.” Esta opinião foi partilhada por 62% dos respondentes lusos, em contraste com 55% dos cidadãos da União Europeia.

Portugueses querem mais apoio financeiro para os agricultores

No que toca aos contributos da PAC, 76% dos portugueses pensa que a “melhoria das relações comerciais entre a Europa e o resto do mundo” tem sido o mais relevante. A área onde a PAC tem tido menos impacto, de acordo com os portugueses, é a “extensão de Internet de banda larga e serviços de comunicação em áreas rurais.”

Os portugueses mostraram ser menos conhecedores sobre a PAC do que a média dos cidadãos da UE: 10% dos europeus disse saber dos detalhes da Política Agrícola Comum, enquando que apenas 4% dos portugueses deu a mesma resposta.

No que toca ao apoio financeiro dado aos agricultores pela UE (quase 40% do orçamento comunitário), 36% dos portugueses considera que é suficiente e 24% pensa que é demasiado baixo. No entanto, 48% dos respondentes disse que gostaria de ver um aumento no apoio financeiro da UE a agricultores nos próximos 10 anos.

acientistaagricola

Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *