Hit enter after type your search item

Aprenda a usar o sabão azul como insecticida natural na sua horta

/
/
/
img

Insecticida natural: uma boa alternativa?

As  pragas nas  plantas constituem uma das principais preocupações para quem gosta de ter as plantas bonitas e saudáveis, assegurando dessa forma o seu crescimento e desenvolvimento de forma plena.O primeiro passo é dado no momento da aquisição ao decidir comprar plantas fortes e livres de parasitas,  ao ter em conta o local e as exigências de cuidados das suas plantas.Nem sempre são os parasitas animais ou as doenças que dificultam a vida às plantas, uma vez que as condições de crescimento adversas também  o fazem. Neste novo artigo vai aprender a fazer um insecticida natural à base de sabão azul para afastar as pragas de insectos das suas plantas. Curioso(a)?

insecticida natural

Sabão azul e branco: combate e prevenção a baixo preço

A utilização do famoso sabão azul e branco como ingrediente principal na elaboração de um  insecticida natural tem revelado bons resultados na prevenção e combate das principais pragas da horta, jardim e pomar.

Este sabão é um bom exemplo de um insecticida  natural

Há muitos anos que os sabões são usados para controlar as pragas de insetosAo ser aplicado sobre os insetos ( sob a forma de solução aquosa como indicarei na receita abaixo), irá incidir sobre  a camada cerosa, danificando-a.Para além de ser uma solução bastante  eficaz no combate às pragas de insectos, é  barata , simples de fazer e pode usá-a em qualquer momento.

Este insecticida natural é também naturalmente mais sustentável uma vez que não deixam resíduos prejudiciais e devido à sua ação seletiva, não prejudicam os insetos benéficos. Pode usar este insecticida especialmente em afídios (piolhos e pulgões), moscas brancas, ácaros e cochonilhas.  A principal acção deste insecticida natural ocorre devido a  acção sob a camada cerosa que serve de proteção, danificando-a  e impedindo a respiração.  As pragas de insectos acabam por morrer por asfixia.

Lembro-lhe que a melhor atitude que pode tomar relativamente às pragas é usar este insecticida de de forma preventiva e não curativa. Dessa forma, irá impedir que as lagartas e percevejos se instalem nas plantas minimizando os danos.

Pode encontrar o “famoso” sabão azul e branco com outras designações comerciais tais como  sabão vegetal concentrado ou sabão de potássio.  Em algumas drogarias, este tipo de sabão está disponível para venda sob a forma de concentrado. Nestes casos, deve seguir as indicações de dosagem presentes no rótulo da embalagem.  Noutros casos, pode encontrar estes produtos já   diluídos e prontos a usar.

Caso queira fazer o seu próprio insecticida natural, veja no tópico abaixo a receita que deve seguir para fazer o seu próprio sabão insecticida.

insecticida natural

Receita de insecticida natural usando sabão azul e branco

Existem várias receitas na Internet para aprender a fazer este insecticida natural. A receita que eu mais costumo usar  é a seguinte:

Receita para 5 L de Calda
-5 L de água
-100 gr de sabão azul e branco

Nota: há quem junte óleo a esta receita, mas eu não o faço e consigo ver bons resultados na mesma.  Caso compre o sabão em barra, deve dilui-lo.

Para tal, dilua a quantidade de sabão que referi anteriormente em água morna,  mexendo sempre até estar completamente diluído.  Depois de diluído, junte a restante quantidade de água até perfazer os 5 litros.

Pode também optar por ralar o sabão pois dessa forma diluir-se-à mais facilmente.

Conselhos que deve ter em atenção antes de aplicar o insecticida natural

Antes de aplicar este ou qualquer insecticida natural é fundamental que faça um  teste numa parte da planta para para avaliar os efeitos e para ter a certeza que não causará efeitos adversos nas suas culturas. Preferencialmente, deve aplicar este insecticida sustentável na parte da manhã, evitando aplicá-lo quando as temperaturas estão demasiado altas ou quando está demasiado vento.

Este tipo de aplicações podem ser realizadas em qualquer  fase do desenvolvimento da planta.  Deve também ter em consideração que não  existe um intervalo de segurança entre a aplicação do insecticida natural e o consumo das plantas onde este foi aplicado.

insecticida natural

1 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :