Plantas aromáticas e medicinais

Como plantar poejo: tudo o que deve saber para ter sucesso no cultivo

Espero que se encontrem bem! Hoje venho falar-vos sobre o poejo. Quem é que já ouviu falar sobre esta planta? Neste artigo reuni algumas das suas características essenciais, dicas de cultivo e informações úteis para saber como plantar poejo sem grandes dificuldades.

Poejo: conheça melhor a planta

 O Poejo é caracterizado por ser uma planta medicinal, com propriedades conhecidas e transmitidas ao longo das gerações. É umas das plantas mais vulgares do género Mentha que possuí uma série de específicidades muito apreciadas pela população. Destaco algumas delas: expectorante, auxilia no processo de digestão, analgésico, anestésico, sedativo, entre outras.

O poejo apresenta também bons resultados no combate da gripe e o resfriado, perda de apetite, azia, cólicas, febre, menstruação atrasada, bronquite, entre outros problemas.

Por esse motivo, o chá de poejo é bastante conhecido e muito utilizado por quem procura uma solução natural para alguns tipo de problemas de saúde atrás referenciado.

Para preparar chá de poejo use as suas folhas, flores e talos.

Para 200ml de água, o equivalente mais ou menos a uma chávena normal, utilize cerca de 10 gramas de folhas de poejo. Coloque-as na água a ferver, abafe o recipiente com um prato, por exemplo e tome-o quando estiver morno. Pode tomar no máximo 3 chávenas deste chá por dia pois pode provocar efeitos colaterais bastante graves.

De qualquer das formas, informe-se junto do seu médico sobre a possibilidade de incluir este chá na sua alimentação. Ele é a melhor pessoa para o(a) aconselhar.

Outras aplicações do poejo

As suas suas folhas podem ser aplicadas em feridas devido à sua ação refrescante e antisséptica. Se esmagadas, podem também servir de repelente natural de insetos.

Como sabe, o poejo é uma planta bastante aromática sendo facilmente encontrada em locais com humidade, especialmente perto de rios ou riachos.

O seu sabor é um pouco adstringente e o seu aroma intenso. Pode ser comprado em hortos e viveiros (em fresco), lojas de produtos naturais ou mesmo em feiras livres.

Destaco ainda espécies de poejo distintas: o poejo inglês (Mentha pulegium) e o poejo americano (Hedeoma pulegioides).

A primeira espécie caracteriza-se por ser perene, resistente e por atingir uma altura que ronda os 30 cm.

A segunda, anual e também bastante resistente, pode atingir alturas superiores (40cm).

Quando cultivar poejo?

O Poejo caracteriza-se por ser uma planta vivaz sendo a melhor época para efetuar a sementeira entre Fevereiro e Junho. Ex: SIRO Germinação.

Pode cultivar poejo através da propagação por mudas (ramos do poejo) obtidos por divisão de touceira ou pode também ser cultivado por estacas rizomatosas.

Antes de plantar poejo garanta que as “covinhas” que abriu tenham alguma profundidade ( pelo menos 10 cm).

Quando e como plantar poejo

Pode plantar poejo praticamente todo o ano, mas aconselho-o a fazê-lo nas estações da Primavera e do Outono. Garanta apenas que quando for fazer esta operação, exista humidade suficiente no solo pois é um dos requisitos essenciais para esta cultura se desenvolver bem.

O poejo entra em floração a partir de Julho e esta estende-se até Setembro.

Se pretender uma produção de poejo mais profissional, em campo, adote um espaçamento entre plantas que permita que num metro quadrado possam ser plantadas 5 a 6 plantas (~ 20 cm entre plantas).

Se só quiser ter um produção mais caseira numa floreira, distancie as plantas pelo menos 15 cm umas das outras e use substrato equilibrado para este género de plantas Ex: SIRO Aromáticas.

A poda do poejo é também muito importante. Faça-a algum tempo após a floração.

Características essenciais que deve garantir para ter sucesso no cultivo

solos: o poejo gosta de solos ricos em matéria orgânica, leves e bem drenados com um pH entre 5,0 a 6,5. Dado que o poejo gosta de humidade, garante que escolhe um local próximo de um ribeiro, por exemplo. Caso não seja possível, garanta pela menos que está a ser produzido num local húmido.

Aconselho também a que use um substrato adequado a plantas aromáticas tais como o SIRO Aromáticas.

O Siro® Aromáticas é um substrato especial para plantação e transplante de todo o tipo de plantas Medicinais e Aromáticas. É enriquecido com adubo orgânico biológico, oferecendo uma nutrição equilibrada e prolongada.

A sua composição, associada a uma fórmula especial em macro e micronutrientes de origem natural, assegura o desenvolvimento dos princípios ativos que diferenciam este tipo de plantas – o seu valor terapêutico e aromático e consequentemente promove as potencialidades genuínas deste tipo de plantas. Saiba mais sobre este substrato aqui

clima: o poejo adapta-se bem a climas amenos e húmidos, com muita luminosidade e meia sombra. Não tolera geadas severas pelo que deve plantar poejo num local abrigado.

Rega: nas épocas de chuva não necessita de se preocupar com esta tarefa. No verão, regue pelo menos uma vez por dia.

Pragas e doenças: o poejo pode ser atacado por ácaros e afídeos por exemplos. Quanto às doenças, a ferrugem e o oídio são das mais comuns.

Quando e como colher poejo

A colheita de poejo pode ser feita a partir dos dois meses após ter feito a plantação, após o início da floração. Para tal, corte os galhos floridos, logo abaixo das flores. Nesta altura, os ramos devem ter pelo menos 20 cm de comprimento.

Caso pretenda secar o poejo, colha na primavera e no verão antes e depois da floração. Neste sentido, pendure os ramos de poejo pela base para que sequem mais facilmente ao ambiente.

Espero que tenham gostado deste artigo 😊

Artigo patrocinado por SIRO- Substratos Profissionais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo