Artigos

Cultivar ervas aromáticas em apartamento: 7 exemplos para se inspirar

Cultivar ervas aromáticas em apartamento? Sim, leu bem.

Para quem pensa que viver num apartamento é limitativo para ter uma mini-horta urbana de ervas aromáticas, desengane-se. Neste novo artigo, dou-lhe 7 exemplos para que possa cultivar ervas aromáticas hoje mesmo.

Cultivo de ervas aromáticas em vasos

Cultivar ervas aromáticas: Quando devemos fazer propagação ?

A propagação de plantas aromáticas é uma das tarefas agrícolas mais interessantes para quem gosta de mexer na terra.

Quando deve ser feita a propagação de ervas aromáticas?

Desengane-se se acha que a propagação de aromáticas é algo complicado. Para ter sucesso nesta operação deve observar e imitar o ciclo natural destas plantas para garantir que nada corra mal.

Outono é uma excelente altura para fazer a sementeira de ervas aromáticas.  A mudança de temperaturas característica desta altura do ano pode ajuda a estimular a germinação das sementes o que é bastante vantajoso.

É nesta altura do ano que deve também desbastar as aromáticas vivazes rústicas de forma a estimular a emissão de novos rebentos que poderão mais tarde serem utilizadas como estacas.

Na Primavera, e com a subida das temperaturas, surgem também as ervas daninhas que devem ser eliminadas com a maior brevidade. Como a temperatura do solo aumenta, é nesta estação que deve semear as plantas aromáticas anuais diretamente no solo.

É também o momento certo para cortar as estacas das plantas estabelecidas.

Saiba mais sobre a propagação de ervas aromáticas

E que ervas aromáticas podemos fazer propagação e cultivar em apartamento? Conheça abaixo 7 bons exemplos.

Conheça 7 exemplos para cultivar ervas aromáticas em apartamento

1- Manjericão

Uma das aromáticas que mais gosto e que pode facilmente cultivar num apartamento é o manjericão. Compre um vasinho de manjericão e plante-o num vasinho maior quando as temperaturas forem mais agradáveis. Dado que é uma aromática que necessita de boa luminosidade, coloque-o num local ensolarado da sua casa. Embora o manjericão gosto de luz natural é importante que esta não seja directa para evitar queimar as suas folhas. A humidade do substrato deve ser garantida, sem nunca encharcar. Não aconselho a que cultive no mesmo vaso outras aromáticas para além do manjericão pois pode não se adaptar. Esta condição é válida para outras aromáticas dado que elevadas densidades de aromáticas num espaço reduzido originam um fraco desenvolvimento radicular e consequentemente fraco crescimento. 

Veja também o meu artigo: 7 comportamentos errados que NÃO deve ter com as suas ervas aromáticas

Cultivar ervas aromáticas na varanda

2- Louro

Certamente ficou em dúvida com este segundo exemplo pois associa-o o louro a um pequeno arbusto. Na realidade, esta aromática pode transformar-se numa pequena árvore, caso as condições sejam favoráveis. Uma vez que estamos a falar do cultivo em apartamento e temos limitação de espaço, o que deve garantir é que se execute uma poda frequente. Se podar periodicamente, pode manter esta erva aromática em vaso desde que garanta que este tem uma profundidade significativa. O louro gosta de climas suaves, no entanto, acaba por se adaptar a uma grande diversidade de ambientes. Escolha um local no seu apartamento que tenha boa exposição solar e seja abrigado (ex: janela de uma cozinha).  Pode colher as folhas de louro praticamente durante todo o ano desde que depois as seque e conserve em recipiente apropriado (ex: vidro).

Cultivar ervas aromáticas na varanda

3-Cebolinho

Para cultivar cebolinho no seu apartamento deve garantir que o local escolhido é fresco, arejado, ventilado e com sombra parcial. Dado que se caracteriza por ser uma aromática muito rústica adapta-se a vários tipos de ambientes distintos como por exemplo: vasos, canteiros, terraço, horta, rebordos do jardim ou mesmo uma produção mais profissional num terreno agrícola.

O cebolinho é uma planta aromática que necessita de ser cultivada num local com uma boa exposição solar, recebendo pelo menos 5 horas de luz solar direta por dia. Resiste bem a temperaturas do ar baixas pelo que pode facilmente cultivar cebolinho ao ar livre, mas também em recipientes como vasos ou floreiras.É importante referir que embora o cebolinho consiga resistir a temperaturas baixas, no caso de invernos muito agressivos, as folhas desta planta acabam por secar. A planta do cebolinho voltará a emitir novas folhas na Primavera.

Quando a estação primaveril regressa, corta-se as folhas como estímulo para a emissão de novas, repetindo se possível este procedimento com alguma regularidade para que se consiga prevenir o aparecimento de uma floração precoce. Caso não realize este procedimento, a floração ocorrerá no início do Verão. Tenha em atenção as regas excessivas.

Saiba mais sobre o cultivo de cebolinho aqui

Cultivar ervas aromáticas em apartamento

4-Salsa

A salsa pode ser cultivada em apartamento, com toda a certeza. Têm preferência por solos leves, com boa drenagem com um teor em matéria orgânica significativo. Embora possa semear salsa durante todo o ano deve fazê-lo nos meses da Primavera e em agosto e setembro.o que diz respeito à profundidade a que é colocada a semente, esta é diretamente proporcional ao tamanho da semente.  Dado que as sementes da salsa são pequenas devem ficar semeadas a uma profundidade de cerca de ~0,5cm. Opte por regar em alturas do dia em que as temperaturas não estejam tão altas para evitar que a água evapore mais facilmente.  Há medida que a salsa se vai desenvolvendo deve aumentar a frequência e quantidade de água com que rega.

Saiba mais sobre o cultivo de salsa aqui

ervas aromáticas em apartamento

5- Oregãos

Os oregãos marcam presença em muitos pratos e por isso tenho a certeza que ficou contente em saber que pode cultivar esta aromática no seu apartamento. Por ser uma aromática rústica e fácil de cultivar, os oregãos acabam por se adaptar bem a uma grande diversidade de condições ( diversidade de temperatura e tipos de solo). Deve garantir que não rega o seu vaso de oregãos em demasia pois o excesso de humidade pode prejudicar o desenvolvimento da planta. Em caso de dúvida relativamente ao teor de humidade do substrato faça o teste do dedo. Não se esqueça que para usar esta erva na sua cozinha deve garantir que esta seca totalmente antes de ser usado. Quando chegar o momento certo, corte raminhos de oregãos e pendure-os com um fio num local seco e com pouca luminosidade.

Outro ponto importante que deve ter em conta é que o seu vaso de oregãos deve estar colocado num local ensolarado ou com sombra parcial para garantir o seu desenvolvimento. A época ideal para plantar oregãos é nna primavera e no outono.

Quanto ao clima e temperaturas, você não deve se preocupar, pois é um arbusto com muita resistência. Suporta altas temperaturas bem como ambientes congelados e frios.

6-Alecrim

O alecrim é uma das plantas aromáticas mais fáceis de cultivar em vasos e por isso pode tê-la facilmente no seu apartamento. Escolha recipientes com pelo menos 20 cm de diâmetro e 30 cm de altura. Pode sempre opta por vasos empilháveis e dessa forma cultivar outras aromáticas num espaço bem reduzido. Pode optar por cultivar alecrim quer por sementeira quer através de plântula. Tenha em atenção que através da sementeira demorará mais a fazer a primeira colheita desta aromática. Como condições favoritas o alecrim não é muito exigente. Gosta de solos leves e bem drenados. Tente colocar os seus vasinhos de alecrim perto de um local bem iluminado pois esta aromática irá gostar bastante e desenvolver-se mais facilmente. Mais um vez evite regar demasiado pois o alecrim poderá não resistir.

Água de alecrim: estudo comprova que melhora a memória

Cultivar ervas aromáticas em apartamento

7- Sálvia

Esta aromática é muito comum no mediterrâneo sendo utilizada quer como ornamental, aromática e condimentar. Tenha em atenção que nem todas as sálvias são comestíveis pelo que todo o cuidado é pouco.

A sálvia gosta bastante de locais com bastante exposição solar embora consiga resistir bem a ambientes com temperaturas mais baixas. Adapta-se bem a diferentes tipos de solos e as suas necessidades em água no primeiro ano após a plantação são maiores. Nos anos seguintes apenas necessita de regar quando o substrato estiver seco uma vez que é muito resistente à secura. Para cultivar sálvia numa floreira ou vaso, coloque 1 a 2 plantas por recipiente.

Como principais cuidados de manutenção deve fazer uma poda no fim da floração de forma a renovar a planta. Embora seja uma aromática que aguente muitos anos no mesmo vaso convém que este recipiente seja trocado ao fim de pelo menos ciclos culturais.

Sálvia: conheça a planta aromática amiga das mulheres

Cultivar ervas aromáticas em apartamento

Dicas sobre agricultura: Quando devo colher as minhas ervas aromáticas?

Espero que tenha ficado com vontade de cultivar ervas aromáticas no seu apartamento depois de ler este artigo 🙂

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo