Quarta-feira, Junho 12, 2024

Os roedores- a grande praga do subsolo

Roedores na horta : saiba como combater

São amplamente conhecidos os estragos que os roedores podem fazer na sua horta uma vez que destroem as raízes dos seus hortícolas, flores e árvores de fruto. Verifica-se muitas vezes que estes acabam por destruir a planta inteira não existindo métodos “mágicos” para a sua eliminação. Contudo, poderá ser bem-sucedido na defesa dos roedores na horta  aplicando uma série de medidas efetivas. O melhor que tem a fazer é usar uma combinação de métodos diferentes. A maior parte dos roedores são muito inteligentes e por vezes adoptam comportamentos para se autoprotegerem: fogem para as hortas vizinhas e depois regressam de noite para voltarem a destruir as suas plantações, por isso se possível era importante que combinasse uma estratégia com os seus vizinhos de forma a evitar este tipo de comportamentos. Nenhuma planta “está a salvo” quando os  roedores andam por perto. Alguns deles como por exemplo  ratazanas, são um vector de doenças para o ser humano.  Existe algo que todos os roedores possuem como características semelhante: os dentes. Estes, são caracterizados por serem  largos e  ligeiramente curvos nos incisivos das mandíbulas superior e inferior, com os quais podem roer uma grande diversidade de materiais. Dos roedores que mais merecem a nossa atenção por causarem muitos estragos nas nossas plantações são as toupeiras, os ratos e as ratazanas.

como combater roedores na horta

[spacer height=”20px”]

Fonte da imagem: Revista Jardins[spacer height=”20px”]

 

Medidas defensivas de combate aos roedores na horta

1-Ruídos e ondas de choque

Este é um dos métodos mais simples e com maior efeito. O que tem de fazer é muito simples: nos locais mais ameaçados deve colocar no solo varas de metal compridas e ir batendo com um martelo nas mesmas várias vezes ao dia.  O que acontece é que o ruído e as ondas de choque produzidas com esta operação são insuportáveis para os roedores o que faz com que eles se afastem. Para produzir um maior efeito deve repetir este procedimento durante algumas semanas várias vezes ao dia, em horas mais ou menos regulares (por exemplo durante o período da manhã e depois mais ao ínicio da noite). Com esta medida dará cabo da vontade dos roedores voltarem à sua horta!

2- Cheiros penetrantes

O alho exerce um poderoso efeito defensivo através do seu cheiro forte e intenso. O tártago (Euphorbia lathyris) ou a língua de cão(Chynoglossum)também revelam-se poderosas ferramentas para afastar os roedores das suas plantas. No entanto, é de ressalvar que  existem ratos que já se havituaram a este cheiro intenso e que comem este tipo de hortícolas acima indicado sem qualquer problema.

como combater roedores na horta

Fonte da imagem:Lar Natural

3- Desvios

Poderá também utilizar um topinambo também conhecido como girassol-batateiro na orla da sua horta. Os roedores adoram este tipo de tubérculos e por essa razão serão desviados para outro tipo de canteiros  e serão mais fáceis de serem capturados no meio deste tipo de tubérculos entre os seus ramos.

como combater roedores na horta

Fonte da imagem: Hortas.info

4- Armadilhas

Existem construções especiais utilizadas ao longo de  muitas gerações pelos agricultores e jardineiros. No entanto, têm de ser dispostas com cuidado. O seu efeito é letal. Aprenda a fazer uma armadilha caseira como a da figura abaixo aqui .

como combater roedores na horta

Fonte da imagem:Pinterest

5- Um gato trabalhador e competente 🙂

Desengane-se se acha que é qualquer gato que está apto para tal função, nomeadamente para se atirar para cima de um rato sem dó nem piedade. No entanto se tem um gato corajoso e audaz é a melhor protecção da horta que pode ter contra os roedores na horta  impedindo de se multiplicarem. Estes nunca desistem e voltam incessantemente à caça e melhor: ficam a ganhar com a barriga cheia! 🙂

como combater roedores na horta

Fonte da imagem: A Senhora do Monte

 

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos