Domingo, Março 3, 2024

Saiba como transformar o seu solo e aumentar a  sua colheita com biofertilizantes

Biofertilizantes são produtos utilizados na agricultura para melhorar a fertilidade do solo e, consequentemente, aumentar a produtividade das culturas. São compostos por microorganismos vivos benéficos tais como bactérias, fungos e algas, que ajudam a aumentar a disponibilidade de nutrientes no solo e a promover o desenvolvimento das raízes das plantas. Neste novo artigo, partilho consigo alguns dos aspetos mais importantes a ter em conta sobre biofertilizantes, diferentes tipos existentes, processo de produção, benefícios, usos e tendências. Já usou biofertilizantes nas suas culturas?

Bioestimulantes agrícolas

Os biofertilizantes: contextualização

Os biofertilizantes apresentam diferentes modos de ação na agricultura que conferem aos sistemas produtivos diferentes vantagens.

Algumas bactérias presentes nos biofertilizantes, por exemplo, têm a capacidade de fixar o azoto atmosférico e transformá-lo numa forma que as plantas possam utilizar em seu benefício. Além deste facto ajudar a reduzir a necessidade de fertilizantes químicos, promove o aumento da produção de culturas leguminosas como o feijão, grão-de-bico, ervilha e fava.

Por outro lado, o uso de biofertilizantes promovem um aumento da biodiversidade do solo. Os biofertilizantes ajudam a aumentar a biodiversidade do solo, fornecendo uma ampla gama de microrganismos benéficos que ajudam a proteger as plantas contra doenças e pragas, tornando-as mais resistentes.

Além disso, os biofertilizantes permitem uma maior absorção de nutrientes feito pelas culturas. Os micro-organismos presentes nos biofertilizantes ajudam a solubilizar os nutrientes no solo, tornando-os mais disponíveis para as raízes das plantas. Este modo de ação ajuda a melhorar a absorção de nutrientes pelas plantas e a aumentar sua resistência a stresses ambientais.

Sendo o solo tão importante para garantir o bom desenvolvimento das culturas, os biofertilizantes desempenham também funções importantes neste aspeto, ajudando  a melhorar a estrutura do solo e aumentando sua capacidade de retenção de água e nutrientes. O solo fica dessa forma menos sujeito a fenómenos de erosão e a sua produtividade está assim mais bem assegurada.

Bioestimulantes agrícolas

1-Quais são os tipos de biofertilizantes disponíveis e como eles diferem uns dos outros?

Existem vários tipos de biofertilizantes disponíveis, cada um apresentando diferentes funções e composições. Abaixo, partilho consigo os principais tipos de biofertilizantes disponíveis.

1.1- biofertilizantes azotados

Este tipo de biofertilizantes são compostos por bactérias fixadoras de azoto, que são responsáveis por converter o azoto atmosférico numa forma que as plantas possam utilizar. Esses biofertilizantes são particularmente úteis para culturas que requerem grandes quantidades deste macronutriente tais como as leguminosas.

1.2-biofertilizantes fosfatados

Contêm microrganismos que ajudam a solubilizar fosfatos no solo, tornando-os mais disponíveis para as plantas. Esses biofertilizantes são úteis para culturas que requerem grandes quantidades de fósforo tais como o milho e trigo.

1.3-biofertilizantes potássicos

Contêm microrganismos que ajudam a solubilizar o potássio no solo, tornando-o mais disponível para as plantas. Esses biofertilizantes são úteis para culturas que requerem grandes quantidades de potássio, tais como as batatas e tomates.

1.4-biofertilizantes à base de algas

Este tipo de biofertilizantes são compostos por algas que ajudam a melhorar a estrutura do solo, aumentam a capacidade de retenção de água e melhoram a absorção de nutrientes pelas plantas. Esses biofertilizantes são úteis para culturas presentes em solos pobres ou com pouca matéria orgânica.

1.5-biofertilizantes à base de microrganismos

Contêm uma mistura de microrganismos benéficos, tais como bactérias e fungos, que ajudam a melhorar a qualidade do solo, reduzem a erosão e aumentam a produtividade das plantas. Este tipo de biofertilizantes são úteis para uma ampla gama de culturas e solos.

2-Como os biofertilizantes são produzidos e quais são os principais ingredientes utilizados?

Existem diferentes métodos e tecnologias utilizadas na produção industrial de biofertilizantes, que variam de acordo com o tipo de produto que está a ser produzido.

De uma maneira geral, os biofertilizantes industriais são produzidos em grandes quantidades e passam por processos de qualidade e controlo rigorosos para garantir que sejam seguros e eficientes na agricultura.

Os biofertilizantes são compostos por microorganismos benéficos, matéria orgânica, substratos, nutrientes adicionais, entre outros.

Os microrganismos benéficos tais como bactérias, fungos, leveduras e algas são selecionados pela sua capacidade de fixar o azoto atmosférico, solubilizar o fósforo do solo, produzir hormonas de crescimento, entre outros benefícios.

a matéria orgânica que pode fazer parte da composição de um biofertilizante pode incluir restos de culturas, resíduos vegetais e outros resíduos orgânicos. Estes materiais fornecem nutrientes e compostos orgânicos que podem ser utilizados pelos microrganismos benéficos.

substratos como a turfa, vermiculite e casca de arroz que podem estar presentes na composição dos biofertilizantes, servem de suporte e ajudam a manter as condições ideais para o crescimento e multiplicação dos microrganismos benéficos.

Nutrientes adicionais como fontes de azoto, fósforo e potássio, além de micronutrientes como zinco, ferro e manganês podem também ser adicionados à composição deste tipo de produtos para garantir que os biofertilizantes contêm todos os nutrientes necessários para as plantas.

A composição utilizada na produção industrial de biofertilizantes pode variar dependendo do tipo de produto, do método de produção e dos requisitos específicos de cada mercado. No entanto, em geral, os biofertilizantes industriais são compostos por ingredientes naturais e são produzidos de maneira sustentável e ambientalmente amigável.

Bioestimulantes agrícolas

3-Quais são os benefícios ambientais e económicos do uso de biofertilizantes?

3.1-Benefícios ambientais

Benefícios ambientais tais como redução do impacto ambiental, melhoria da saúde do solo e redução da dependência de fertilizantes químicos são bons exemplos de algumas das vantagens para o meio ambiente da utilização deste tipo de produtos.

Sendo os biofertilizantes produzidos a partir de matérias-primas renováveis e são biodegradáveis significa que, ao contrário dos fertilizantes químicos, não deixam resíduos tóxicos no solo e na água, reduzindo o impacto ambiental.

Por outro lado, dado que os biofertilizantes contêm microrganismos benéficos, a sua utilização contribui para ajudar a melhorar a qualidade do solo e por consequência, aumentar a sua fertilidade e produtividade.

Tal como já referido acima, o uso de biofertilizantes pode ajudar a reduzir a dependência de fertilizantes químicos e pesticidas, que podem além de apresentarem preços cada vez mais elevados são prejudiciais ao meio ambiente.

3.2-Benefícios económicos

Benefícios económicos associados à aplicação de biofertilizantes na agricultura tais como a redução de custos, o aumento da produtividade e o acesso a novos mercados devem igualmente ser destacados.

A questão da poupança financeira é uma das vantagens económicas mais evidente. Por poderem ser produzidos a partir de matérias-primas locais e renováveis, pode ajudar a reduzir os custos de produção em comparação com os custos associados à produção de fertilizantes químicos.

Além disso, por possuírem na sua composição nutrientes essenciais para as plantas e microrganismos benéficos, podem melhorar a absorção de nutrientes pelas plantas, aumentando a produtividade, qualidade dos cultivos e rendimento final das culturas (o que se torna também economicamente vantajoso para os produtores agrícolas).

Por fim, estando os consumidores cada vez mais interessados em produtos agrícolas produzidos de forma sustentável, o uso de biofertilizantes pode ajudar os agricultores a entrar em novos mercados e melhorar a competitividade de seus produtos.

4-Como podem ser aplicados?

A forma como os biofertilizantes são utilizados pode variar dependendo do tipo de cultura e região geográfica. Algumas formas comuns de aplicação dos biofertilizantes incluem: mistura com a água de rega, aplicação direta no solo e pulverização foliar.

Na mistura do biofertilizante com a água de rega(fertirrega), este pode ser diluído na água de rega e aplicado diretamente nas raízes das plantas.

O biofertilizante pode ser aplicado diretamente no solo antes do cultivo ou como cobertura.

O biofertilizante pode ainda ser pulverizado diretamente nas folhas das plantas, o que ajuda a fornecer nutrientes diretamente às folhas.

Os biofertilizantes podem ser usados em uma ampla variedade de culturas e regiões geográficas, e a forma como eles são aplicados varia dependendo das necessidades específicas da planta. Consulte um especialista agrícola para o ajudar a determinar a melhor forma de utilizar este tipo de produtos numa determinada cultura e região específica.

5-Quais são as tendências e avanços recentes no que diz respeito ao uso de biofertilizantes e como impacta a agricultura?

Nos últimos anos, houve um crescente interesse nos biofertilizantes e verificou-se uma série de avanços tecnológicos para melhorar sua eficácia e aplicação na agricultura.

Cientistas têm identificado novos microrganismos benéficos tais como bactérias, fungos e algas, que podem melhorar a saúde do solo e fornecer nutrientes às plantas.

A nanotecnologia tem sido também aplicada para melhorar a eficácia dos biofertilizantes, permitindo que os nutrientes sejam entregues diretamente às raízes das plantas, aumentando assim a sua absorção.

Por outro lado, a tecnologia presente nos drones e a inteligência artificial está cada vez mais a ser utilizada para monitorizar o crescimento das plantas e determinar as suas necessidades nutricionais específicas, permitindo que os biofertilizantes sejam aplicados de forma mais precisa e eficaz.

O uso de tecnologia para permitir produzir biofertilizantes em larga escala e de forma mais económica, permite também que os agricultores consigam mais facilmente ter acesso a estes produtos.

7-Conheça o Mycoshell da Asfertglobal

O Mycoshell é um biofertilizante à base de micorrizas da espécie Rhizoglomus irregulares, que acelera o crescimento inicial, reduzindo o stress após transplante, aumentando e homogeneizando o transporte de nutrientes para a planta e conferindo resistência a agentes patogénicos, proporcionando maior sucesso nas plantações e reduzindo a necessidade de replantação. Saiba mais sobre o produto aqui.

Este produto pode ser aplicado diretamente na cova de plantação(Mycoshell Tabs), através da fertirrega (Mycoshell Dripper) e diretamente no substrato da sementeira (Mycoshell Tray).

Estudos feitos testando o efeito deste produto nas plantas concluíram que ajudou a homogeneizar a disponibilidade e acessibilidade das plantas aos nutrientes, aumentou a fração de fósforo assimilável, tornou os solos mais permeáveis à água e ajudou no transporte de água de níveis mais profundos para a superfície e aumentou a defesa das plantas contra fungos de raiz, nemátodos e alguns insetos.

Bioestimulantes agrícolas

Efeito do Mycoshell Tabs nas raízes da cultura das macieiras

Bioestimulantes agrícolas

Efeito do Mycoshell Dripper na produtividade do morango (kg/ha)

 6.1-Ensaios em pepino

 Ainda no âmbito da aplicação do produto Mycoshell Dripper, foram realizados ensaios em pepino (Cucumis sativus) de forma a avaliar potenciais efeitos fitotóxicos do produto nesta cultura.O ensaio de eficácia em pepino,  variedade Thunderbird,  foi realizado  em estufa  em Montecillos, Texcoco, México.


Modalidades e doses de aplicação:

  • Controlo
  • Micoshell Dripper (1.0 Kg/ha)
  • Micoshell Dripper (1.5 Kg/ha)
  • Micoshell Dripper (2.0 Kg/ha)

6.2-RESULTADOS

Aos 45 dias após o transplante, o Mycoshell Dripper teve um efeito positivo no volume radicular em relação à modalidade controlo, mostrando uma eficácia de 42 a 99%, dependendo da  dose de aplicação.

Volume da raíz nas diferentes modalidades

Fonte: Ensaio realizado por entidade certificada – Faculdad de Agrobiología, México

Na primeira colheita, o Mycoshell Dripper mostrou um aumento no número de frutos por planta, em relação ao controlo. O aumento foi maior , com o aumento da dse de aplicação.

Número de frutos nas diferentes modalidades

Fonte: Ensaio realizado por entidade certificada – Faculdad de Agrobiología, México

O Mycoshell Dripper induziu grandemente a primeira produção de pepino com uma eficácia em relação ao controlo de 28% a 59%.

Produção total de pepinos, nas diferentes modalidades.

Fonte: Ensaio realizado por entidade certificada – Faculdad de Agrobiología, México

 

Não houve evidência de efeitos fitotóxicos com a aplicação do produto Mycoshell Dripper.

6.3-Importantes pontos a reter

É importante ter em conta que para utilizar os biofertilizantes de forma efetiva na agricultura, algumas práticas recomendadas tais como analisar o solo antes da aplicação, escolher o biofertilizante certo, aplicar a dose certa e armazenar corretamente o produto antes e após a aplicação não devem ser esquecidas.

Ao seguir estas práticas, os agricultores podem aproveitar ao máximo os benefícios dos biofertilizantes na agricultura.

Já conhecia todos estes aspetos sobre os biofertilizantes? Ficou curioso(a) sobre a aplicação do Mycoshell?

Artigo patrocinado pela Asfertglobal*

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos