Ser agricultor está na moda?

3
126

Caros agricultores,

Permitam-me que me dirija a vós através deste artigo, demonstrando  o meu sentimento de admiração pelo vosso trabalho, que tanto vos empenhais na evolução e crescimento deste sector. A vós, amigos, vos devo a minha compreensão, carinho e admiração, para sempre.

Muitas vezes  observo que continuam a ser desrespeitados enquanto trabalhadores através da criação de legislação tantas vezes absurda que não respeita o vosso trabalho e vos impede de progredir profissionalmente pelas limitações que vos impõem, criando impactes pessoais e profissionais nas vossas vidas. Outras vezes, verifico que vos iludem com promessas de um futuro agrícola risonho e próspero,  fazendo-vos acreditar que é desta vez que o sector vai ser impulsionado, mas na verdade, continua igual.

Depois de vários anos em que  a vossa imagem foi tudo menos positiva por parte de muitos que não trabalhando no sector se julgavam capacitados de opinar sobre o mesmo (bem sabeis que muitas vezes os agricultores eram apelidados de “caçadores de subsídios” julgando que a agricultura era uma “mina de ouro”), parece que estranhamente, a agricultura está na moda, ou pelo menos é essa a mensagem que querem passar.

 

Ser agricultor nos dias de hoje

Distantes vão os tempos em que os agricultores eram considerados socialmente desprestigiados por fazerem do trabalho do campo o seu “ganha-pão”. Atualmente são vistos como profissionais respeitados pelo seu esforço e pelo seu sucesso profissional. Ser hoje  jovem agricultor  tem muito que se lhe diga, pois se queremos ser competitivos devemos apostar em formação e inovação tecnológica para estarmos sempre na “linha da frente”. Por essa razão, se queremos marcar a diferença diferenciando-nos dos restantes profissionais temos de saber um pouco de tudo.

[spacer height=”20px”]
Ser agricultor hoje é ser também um profissional e informado. Ser agricultor hoje é ter vontade de aprender um pouco de tudo, e saber um pouco de várias áreas: biologia, zoologia, química, mecânica, economia e gestão agrícola, entre outras.

Um agricultor hoje tem de saber línguas, ter conhecimentos informáticos e manter-se constantemente informado.

Um agricultor hoje deve ter sempre a leitura em dia para que consiga superar os desafios diários e perceber o que está a acontecer no sector, deve ser curioso e querer sempre ir mais além

Um agricultor hoje deve viajar, pois só em contacto com outras realidades consegue perceber bem a sua e a troca de conhecimentos e experiência com outros agricultores torna-se  dessa forma muito benéfica. O agricultor dos dias de hoje deve estar continuamente a estudar pois deve ser um profissional informado. E muito importante: o agricultor de hoje deve saber relacionar-se, saber vender e saber comprar para tornar a sua exploração agrícola o mais rentável possível.

Tal como acontece noutras profissões, também para ser agricultor atualmente é preciso ter vocação . Ser agricultor nos dias de hoje, é fundamentalmente uma questão de sorte (e de trabalho como é óbvio) para assim enfrentar o desafio diário que é trabalhar na agricultura.  Para que este sector evolua e se dignifique, a  profissão de agricultor  deve ser encarada como algo que dá sentido à vida, que dá prazer, liberdade e independência financeira e emocional. Sim porque mais do que uma questão da agricultura estar na moda,  ser agricultor deve garantir a independência emocional que permite ter um carácter vincado encarando dessa forma todas as adversidades com um sorriso e a crença que surgirão dias melhores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.