Quinta-feira, Maio 23, 2024

Tudo o que deve saber sobre a maçã bravo de esmolfe

Numa paisagem pontuada por montanhas e vales na região da Beira Alta, encontra-se uma jóia da fruticultura portuguesa: a Maçã Bravo de Esmolfe. Com a sua história rica e sabor característico, esta variedade única de maçã tem encantado gerações com a sua autenticidade e qualidade incomparáveis. Neste artigo, vamos explorar a origem, as características distintivas e os benefícios para a saúde desta fruta emblemática, mergulhando numa viagem pela tradição e pelo sabor que tornam a Maçã Bravo de Esmolfe uma verdadeira preciosidade da nossa herança agrícola.

A Origem e o Nome da Maçã Bravo de Esmolfe

A maçã Bravo de Esmolfe DOP é uma verdadeira preciosidade outonal, reconhecida pelo seu aroma intenso e pela polpa macia. Originária da região de Esmolfe, em Penalva do Castelo, na Beira Alta, esta variedade autóctone deve o seu nome à sua proveniência.

Conhecida desde o século XVIII, a Bravo de Esmolfe é resultado do cultivo na aldeia de Esmolfe, onde uma árvore de semente produziu frutos tão apreciados que a demanda por material de enxerto se intensificou, disseminando a variedade. Desde 1994, esta maçã possui Denominação de Origem Protegida (DOP) pela legislação da União Europeia.

Sabe mais sobre esta maçã aqui

Fonte da imagem: https://lifestyle.sapo.pt/sabores/noticias-sabores/artigos/bolo-rei-de-maca-de-bravo-de-esmolfe-nasce-para-evitar-desperdicio-do-fruto

Quais são as características da maçã Bravo de Esmolfe?

A Maçã Bravo de Esmolfe DOP, derivada da espécie Malus domestica Borkh, apresenta um calibre médio a pequeno, com forma oblonga-cónica e uma polpa macia, suculenta e doce, de aroma intenso. Cultivada em altitudes entre 350 e 550 metros, esta variedade beneficia da floração tardia, adaptando-se excelentemente ao clima da região de produção, onde as geadas tardias são comuns. A colheita ocorre a partir da segunda quinzena de setembro ou início de outubro.

As características da maçã ‘Bravo de Esmolfe’ incluem:

  • Polpa: fina, esbranquiçada, macia, doce, aromática, muito pouco acidulada e perfumada.
  • Forma: oblongo-cónica.
  • Epiderme: esbranquiçada, podendo apresentar manchas avermelhadas.
  • Aroma: intenso e agradável.
  • Sabor: doce, com boas qualidades gustativas.
  • Conservação: é uma maçã de conservação prolongada.
  • Produção: colheita a partir da 2ª quinzena de setembro.
  • Altitude Ótima de Cultivo: entre 350 e 550 metros.
  • Área de Produção: circunscrita a vários concelhos da região, como Aguiar da Beira, Guarda, Covilhã, Tábua, Viseu, entre outros.
  • História: conhecida desde o século XVIII, originária da aldeia de Esmolfe, Penalva do Castelo, disseminada a partir de uma árvore de semente muito apreciada.
  • Denominação de Origem Protegida (DOP): desde 1994, definida na legislação da União Europeia.

Estas características fazem da maçã ‘Bravo de Esmolfe’ uma variedade distinta e valorizada, reconhecida pelo seu sabor, aroma e propriedades únicas.

A Maçã Bravo de Esmolfe com Denominação de Origem Protegida (DOP)

A atribuição da Denominação de Origem Protegida (DOP) à Maçã Bravo de Esmolfe é uma garantia da sua autenticidade e qualidade distintiva. Para que um produto possa ostentar esta designação, é necessário cumprir rigorosos critérios estabelecidos no respetivo Caderno de Especificações.

Desde a instalação e condução dos pomares até à colheita e transporte, todas as etapas do processo de produção são regidas por normas específicas. Os produtores devem seguir padrões elevados de qualidade, garantindo que cada maçã atende aos requisitos exigentes da DOP.

Este selo de qualidade não só protege a reputação da Maçã Bravo de Esmolfe, mas também assegura aos consumidores que estão a adquirir um produto genuíno, cultivado e processado conforme os mais elevados padrões de excelência.

fonte da imagem: https://alivefm.pt/produtores-de-maca-bravo-de-esmolfe-abrem-pomares-a-turistas/

Os Benefícios para a Saúde

Além do seu sabor irresistível, a Maçã Bravo de Esmolfe oferece uma série de benefícios para a saúde. Rica em vitaminas e minerais, como A, do complexo B, C e E, esta fruta atua como antioxidante, ajudando a neutralizar os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce. A pectina, encontrada na sua casca, proporciona uma sensação de saciedade, tornando-a uma aliada para quem procura perder peso.

Estudos indicam que estas maçãs possuem propriedades fitoquímicas que auxiliam na prevenção de diversos tipos de cancro. Com elevado poder antioxidante e concentração de compostos bioativos, como polifenóis e fibras, esta variedade é uma excelente escolha para promover a saúde e o bem-estar.

Ler artigo sobre os benefícios desta maçã para a saúde aqui.

Ler ainda aqui.

Algumas informações importantes para garantir o cultivo desta maçã

  1. Altitude Ótima de Cultivo: A altitude ótima para o cultivo desta maçã situa-se entre 350 e 550 metros.
  2. Floração e Adaptação Climática: A floração tardia desta variedade permite-lhe uma excelente adaptação ao clima da região de produção, onde os riscos de geada tardia são elevados.
  3. Entrada em Produção: A entrada em produção desta maçã é muito lenta, com alternância, ocorrendo maioritariamente na madeira de dois ou mais anos.1
  4. Época de Colheita: A colheita da maçã ‘Bravo de Esmolfe’ é realizada a partir da segunda quinzena de setembro ou início de outubro.
  5. Área de Produção: A área geográfica de produção da maçã ‘Bravo de Esmolfe’ está circunscrita a diversos concelhos da região da Beira Alta, em Portugal.
  6. Origem e Disseminação: Esta variedade regional é conhecida desde o século XVIII, sendo originária da aldeia de Esmolfe (Penalva do Castelo) e disseminada a partir de uma árvore de semente muito apreciada.

A época ideal de cultivo

A época ideal para plantar esta maçã é durante os meses de novembro a março. Durante esse período, as condições climáticas são mais favoráveis para o estabelecimento e desenvolvimento saudável das plântulas de maçã ‘Bravo de Esmolfe’. Portanto, para garantir o sucesso no cultivo desta variedade autóctone, é recomendado plantá-la dentro desse intervalo de tempo, que corresponde à época ideal para o cultivo desta maçã.

Portanto, para cultivar a maçã ‘Bravo de Esmolfe’ com sucesso, é importante considerar a altitude adequada, a adaptação climática, a entrada lenta em produção, a época de colheita e a área geográfica delimitada para esta variedade autóctone.

Sabe mais sobre o pedrado da macieira e como tratar

A época ideal para colheita

O momento ideal para a colheita da maçã ‘Bravo de Esmolfe’ é a partir da segunda quinzena de setembro ou início de outubro. Este período é indicado para a colheita desta variedade, que apresenta características específicas de sabor, aroma e textura quando colhida neste intervalo de tempo.

Conclusão

A Maçã Bravo de Esmolfe é muito mais do que uma simples fruta outonal. Com a sua história rica e sabor irresistível, é um verdadeiro tesouro da Beira Alta. Ao desfrutar desta delícia, não apenas saboreamos um pedaço da tradição portuguesa, mas também investimos na nossa saúde e qualidade de vida.

acientistaagricola
acientistaagricolahttp://acientistaagricola.pt
Olá, sou a Rosa. Nasci e cresci em meio rural e desde cedo percebi o que queria fazer para o resto da vida. Mais tarde, quando entrei no ensino superior tornei-me Técnica Superior do Ambiente e Agrónoma, áreas que sempre me fascinaram. Este blog é mais do que um projecto pessoal...é  o culminar de duas paixões: a escrita e as ciências ambientais e agrárias. Este é um local de encontro entre todos aqueles que partilham destas mesmas paixões. 

Related Articles

Queres receber as nossas newsletters?

Preencha os campos abaixo para se inscrever.

* ao clicar em "inscrever", está a aceitar as nossas condições de marketing.
- Publicidade -spot_img
spot_img

Últimos artigos